Agora pode chutar… Aqui tem goleiro!

Rogério Ceni inicia sua era no Tricolor com o pé direito: vitória e título sobre o rival de Itaquera.

Não vale nada?

Além de mais um troféu para nossas superlotadas prateleiras, juro de pés juntos que nossa noite de sábado foi muito melhor que a deles. Quem não mandou aquela enxurrada de ‘chupa’ aos amigos trombadinhas?

Quando se coloca camisa x camisa de rivais em campo, não há amistoso e nunca haverá. E foi isso que se viu do começo ao fim. Se era pra ser um jogo de testes, transformou-se em uma verdadeira batalha de egos na Flórida.

Como disse o volante Wellington ao final da partida, ‘ganhar é bom, mas ganhar deles é ainda melhor. Desses caras temos que ganhar até par ou ímpar”. É isso o que sempre vou querer ouvir. Se a técnica não é das melhores, como no caso de Wellington, essa gana de ganhar sempre (ainda mais deles) é o que nos faz acreditar em um time.

Mais do que isso, a vitória nos traz PAZ para um ano de recuperação e montagem de um time novo e (oxalá!) competitivo. É o início de trabalho sonhado por Ceni, ainda que a equipe esteja longe de suas condições ideais, tanto física quanto tecnicamente.

O que chama a atenção é a reviravolta das sombras negras que insistiam em nos perseguir em clássicos, onde tudo sempre dava errado. Gols feitos perdidos pelo rival onde a bola passou a centímetros de nossa rede, sorte (e competência), mais uma vez, nas cobranças penais e a total autoridade em campo enquanto ambos atuavam com suas equipes consideradas titulares nos credenciam a dias melhores pela frente…

Além de escancarar a emergência por um 9, a pré-temporada na Flórida confirmou que peças como Lucão, Denis e Wesley não possuem sinergia com o restante do elenco. Shaylon pode ser surpresa, assim como os laterais Foguete e Júnior.

Nem demonstrou excelente cartão de visitas e comprometimento tático, devendo ser uma das principais armas do Tricolor em 2017.

A ‘Era Mito’ já começa com uma chancela vencedora. Sidão, nosso novo arqueiro, demonstra uma alegria e auto-confiança completamente opostas à face de preocupação e insucessos de seu antecessor.

Obrigado, Sidney. Seja muito bem-vindo. A casa é sua. Proteja bem essa meta.

Imagem: boainformacao.com.br

Compartilhe!
  • 13
  •  
  •  
  •  
  •  
    13
    Shares

Deixe sua Opinião