Análise – Corinthians 2×1 São Paulo – e a freguesia continua!

Corinthians aumenta a freguesia e vence São Paulo em clássico realizado no estádio do Pacaembú, válido pelo Campeonato Paulista de 2018.

O timão entrou em campo para manter o tabu de não perder para o São Paulo desde novembro de 2016.

O primeiro clássico paulista começou bem quente, logo no início, o Corinthians mostrou sua força, e abriu o placar numa jogada rápida e com boas trocas de passes, onde Jadson à 1 minuto de jogo colocou a bola nas redes.

O que se viu daí por diante, foi um Corinthians dominando a partida, criou, correu, e não fez mais por não fazer o simples.

Rodriguinho precisa aprender a soltar a bola mais rápido, assim como fez na jogada do primeiro gol. Ele se empolga demais e quer sempre dar um drible ou passe de efeito, que acaba com as jogadas onde se pode levar perigo ao time adversário.

O São Paulo criou duas chances com a bola rolando, a primeira acertou a trave e a segunda fez o gol. Numa falha de marcação de Fagner, que não observou o Brenner entrar sozinho pelas suas costas.

Por falar em falhas, Carille precisa concertar a marcação pelas laterais, pois foi daí que o time do Morumbi criou suas principais jogadas. Vale salientar que esses erros ocorreram também nas partidas anteriores. Contra a Ponte o gol saiu por erro de marcação do lado esquerdo, em cima do Romão, contra a ferroviária também do lado esquerdo, desta vez contra o Capixaba, e por pouco quase saiu o segundo gol do time de Araraquara.

Balbuena, mais uma vez, foi o destaque do jogo. General sempre seguro na defesa, guardou mais um gol.

Vale lembrar que Diego Souza era pra ser expulso após agressão. Mas o banana do árbitro deu amarelo e amarelou também o agredido! Absurdo!

Voltando ao jogo….

O Timão literalmente morreu na segunda etapa, pouca criação, pouca força na marcação e sem saída de bola, ficamos dependendo de um arranque do Clayson. Jadosn e Rodriguinho não apareceram e fez com que Kazim sumisse da partida.

O segundo tempo o time do Morumbi só teve uma chance de gol, salva, quase em cima da linha, pelo zagueiro Paraguaio.

E o jogo ficou nisso, o São Paulo tocando bola de um lado pro outro, sem conseguir criar grandes chances e o Corinthians marcando tentando achar uma bola para matar o jogo!

De lição, podemos tirar que, temos que jogar mais simples e objetivo! Como foi no primeiro gol. A jogada aérea com Balbuena virou uma arma para o ataque.

Mas Carille precisa concertar os erros. Falhas nas laterais, sem cobertura dos atacantes adversários. Além de melhorar o aspecto físico para o segundo tempo!

Acredito também, que Henrique não vem para ser titular absoluto, vai ter que brigar com Pedro Henrique pela vaga.

Kazim é sim melhor que Junior Dutra! Podem me xingar a vontade, mas o gringo sofre com as marcações erradas de faltas por saber proteger muito bem a bola. Só precisa mesmo é fazer um gol pra desencantar! Lembram do Jô no início de 2017?

Melhores Momentos:

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 1 SÃO PAULO
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 27 de janeiro de 2018, sábado
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Luiz Alberto Nogueira
Público: 31.972 pagantes / 34.358 total
Renda: R$ 1.278.027,50
Cartões amarelos: Romero, Gabriel, Júnior Dutra (Corinthians); Jucilei, Diego Souza, Petros (São Paulo)
GOLS:
Corinthians: Jadson, a 1 minuto, e Balbuena, aos 33 do 1T.
São Paulo: Brenner, 24 minutos do 1T
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Juninho Capixaba; Gabriel, Romero, Jadson, Rodriguinho (Maycon) e Clayson; Kazim (Júnior Dutra)
Técnico: Fábio Carille
SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Rodrigo Caio, Anderson Martins e Edimar (Reinaldo); Jucilei; Marcos Guilherme, Petros, Shaylon (Paulinho) e Brenner (Caíque); Diego Souza
Técnico: Dorival Júnior

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião