Ao driblar até o juiz, Wellington Silva encerrou o jogo aos 15 do segundo tempo

Quando a habilidade e a velocidade do jogador são capazes de fazer até o árbitro “bater cabeça” e cair no chão para, em seguida, ainda ser driblado impiedosamente, é porque, de fato, ele está “acabando com o jogo”, na linguagem popular da bola…então, poderia-se dizer que a partida encerrava-se ali, aos 15 minutos do segundo tempo, com o camisa 11 tricolor Wellington Silva fazendo um “fuzuê”, um “forrobodó” naquela ponta esquerda de ataque…

…primeiro, trançou os pés por cima da bola, gingou de um lado para o outro e passou “liso”, deixando Douglas apenas com o “lapso”…Para ajudar na marcação, até o craque vascaíno Nenê correu para tentar interromper tamanha “ousadia”…mas, parecia zonzo também frente àquela “quimera”…isso mesmo, Wellington Silva, a esta altura, já era visto pelos adversários e até pelo “senhor do apito” como uma figura mítica ou um sonho impossível de se alcançar…

…então, em meio à perseguição, Nenê trombou com o juiz Rodrigo Nunes de Sá, jogando-o ao chão…na sequência, o atacante das Laranjeiras também passou pelos dois com o espírito e a arte da graça que dão gosto ao futebol…

…mesmo com as pernas ainda embaralhadas, o árbitro conseguiu erguer a cabeça para condenar com o cartão vermelho a dura entrada de Douglas que, somente desta forma, conseguiu parar aquele “vulto” que passara tão facilmente por ele como se fosse cria da ficção…

…e olha que, cinco minutos antes desta “fábula” toda aí, Wellington Silva já havia marcado o segundo gol do Flu, de letra…exatamente isso: “ao pé da letra”, ele já escrevia os versos do hino tricolor no Maracanã…

…assim, o garoto de 7 anos, feliz com a sublimidade das narrativas do futebol, reconheceu o “massacre” do Fluminense e ilustrou o que, realmente, foi a ilustre atuação da equipe comandanda por Abel Braga…e ainda colocou próximo à folha de papel a bola “pula-pula” com o escudo do time, como numa referência ao “serelepe” camisa 11…

Compartilhe!
  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  
    3
    Shares

Deixe sua Opinião