Bom. O Vasco voltou. E agora?!

Depois de 348 dias… 8.352 horas… 501.120 minutos… enfim: UFA! ACABOU!

Pois é, amigos cruzmaltinos, QUE ANO!!! Foram, de fato, muitas emoções. Porém, vale ressaltar que de nada adiantará todo esse esforço (e sofrimento!) de sair da SÉRIE B se em 2015 estivermos com esse time e com a mesma “atitude”.

Não, não estou sendo ingrato, devemos, sim, parabenizar a equipe, em particular o papai Joel por ter conseguido atingir a meta-mor (voltar à SÉRIE A) mesmo pegando um time todo “descambado” e tendo 3 meses para “arrumá-lo”, ao Martin Silva, nossa muralha, sem ele possivelmente estaríamos precisando vencer o AVAÍ e contar com outros resultados na última rodada, e ao nosso pit bull Guiñazu pela sua dedicação e entrega inquestionáveis nos jogos.

Se pensarmos bem, terminamos (melhor, podemos terminar) como o time que menos perdeu (6) e a segunda defesa menos vazada no campeonato (35 contra 32 do JOINVILLE), mas os empates… No total foram 16 vitórias, 15 empates e 6 derrotas. Se pegarmos 4 jogos desses 15 empates e contarmos como vitória, teríamos uma outra história: estaríamos a 1 ponto do JOINVILLE (que atualmente está com 70) e dependeríamos de nós mesmos para voltarmos à SÉRIE A como esperado: como campeões. E digo mais, viu, e vocês podem me corrigir se eu estiver equivocado, acredito que deixamos escapar pelo menos umas 7 vitórias desses 15 empates. Vide não somente o nosso testemunho, mas também na declaração do Joel na coletiva onde disse que o time perdeu pontos (empatando ao invés de vencer) de forma boba. (eu diria patética…)

Mas agora voltando ao que interessa: O QUE FAZER?! Talvez eu esteja exagerando, mas acredito que praticamente o time todo deveria ser mudado ficando Martin Silva, Guiñazu, Douglas (longe de ser “o craque”, mas para articular/acelerar o time com os seus passes) e Thalles (mais experiente e com um possível time de elite, deve ser “a promessa” para 2015… quem sabe). Além disso, poderíamos investir na base com jogadores como Andrey Ramos, Evander Ferreira e Alan Cardoso, que são alguns destaques na seleção brasileira sub-17 na competição realizada no Chile. E sobre o nosso técnico?! Na moral, não duvido da capacidade do Joel, mas ainda acho que poderíamos ter um técnico mais “linha dura”, mas tático e mais ousado para liderar o GIGANTE DA COLINA em 2015.

Para o próximo jogo, encerrando a temporada, bem que poderíamos “nos vingar” do AVAÍ, né?! Afinal de contas… é… foi F@#A perder daquele jeito e em nossa casa. Que seja de 1 x 0, mas que saiamos vencedores! ;D

Bem, é isso, e que venha 2015!

Abraço.

S3MPR3 VAXXXCÃO!!!

Compartilhe!
  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  
    3
    Shares

Deixe sua Opinião