Carta da Nação ao Clube.

Caros dirigentes e jogadores do Flamengo.

Gostaríamos de falar com vocês sobre o que tem ocorrido desde o fim da Era Zico.  Desde quando nosso Galinho de Quintino e seus grandes parceiros pararam de jogar, quem segura a bronca somos nós, os títulos que tivemos desde então, fomos nós os grandes responsáveis por eles. A “bronca” das migalhas de dinheiro que entraram no Flamengo e fizeram com que esse clube ainda estivesse aqui, vivo, forte, também se deve ao suado dinheiro que colocamos no clube das mais variadas formas.

As Libertadores que frequentamos desde 2007 graças a arrancadas incríveis no Brasileirão, coloquem na nossa conta também. Mas qual o motivo dessa carta? É o seguinte, admiramos muito a recuperação do clube financeiramente, admiramos o trabalho feito no ano passado, mas temos que conversar sobre postura, a postura para a temporada é essa que foi demonstrada em 2017 até aqui, com ímpeto, garra, ofensividade. Por mais que os resultados tenham sido bons ano passado no BR-16, aquele time não era Flamengo, esse de 2017 parece ser, e continuem assim.

Mostrando essa vontade, partindo pra cima dos adversários, vocês terão nosso apoio incondicional. O dia que faltar na bola, vai ser no grito, podem apostar nisso. E que em 2017 o time e a diretoria nos ajudem a usar nossa maior arma contra os adversários. A Nação!!! Time de 1 x 0 não é Flamengo!! Time que senta em cima do resultado não é Flamengo, não condiz com nossa história. Sabemos que a qualidade aumentou bem nesse time de 2017, esperamos pacientemente desde 2013, agora é a hora!!! O Oba oba é nosso e temos todo direito de fazer! O”negócio” de vocês é a bola dentro de campo, a garra e a obrigação de representar uma nação inteira, que no fim das contas é a grande responsável por estarmos aqui depois de tanta merda que fizeram com o Flamengo, incaível, campeão mesmo nos mais difíceis anos de sua história.

Valorizem! Merecemos!

 

SRN!!!

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião