Chama eu, Felipão!

Vitória maiúscula, golaço de Ganso e chapéu de Ceni. Esta combinação seria o cenário ideal para a partida contra o virtual rebaixado Timbú.

E foi exatamente o que aconteceu no Morumbi. Nossos atacantes marcaram em duas belas triangulações dos homens de frente, Ceni mostrou que sua confiança não foi abalada pelos últimos acontecimentos, e PH Ganso, o jogador mais fundamental ao time neste campeonato, mais uma vez teve atuação de gala. Além de participar das outras duas jogadas que resultaram em gol, resolveu decidir sozinho e marcou um belíssimo tento ao passar por ao menos 3 marcadores adversários e tocar com classe para o fundo das redes. Ganso cresce a cada dia e já belisca uma vaga na seleção. Ainda há tempo para isso, Felipão?

Com a vitória, distanciamos um pouco mais da traumática degola que insistentemente nos persegue durante este fatídico campeonato. Ainda mais: ultrapassamos o rival sem cor que por meses tripudiou sobre o risco iminente do descenso tricolor. A água, agora, também já bate nas nádegas dos falastrões.

Desculpe, Vampeta! Sua ânsia em ver o maior clube brasileiro na série B, como declarou no programa “Bem, amigos”, já pode se transformar em náuseas ao olhar para seu próprio umbigo. O São Paulo não nasceu pra isso!

 

 

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião