Colorado das Glórias Nunca Rebaixado

É verdade que a vitória só veio sobre o Fortaleza da série C, mas deu moral e ânimo aos jogadores para a sequência do Campeonato Brasileiro. O Inter não apenas estancou a seca de vitórias como jogou bem e fez o tema de casa, pela Copa do Brasil, goleando o fraco adversário.

Este jogo também serviu para que Roth finalmente se convença de que Nico López é titular absoluto e não pode ser reserva do aguerrido, porém desprovido de técnica, Ariel. Roth terá que engolir o Nico, mas com os gols que certamente virão, isto não será difícil.

Além disso, Aylon, que fede a gol e que já deveria ser titular desde o Campeonato Gaúcho, marcou dois novamente. Não é possível que um guri tão promissor, que faz gols em praticamente todos os jogos, seja preterido para acomodar Sasha ou Vitinho que faz tempo que não jogam bem.

Na minha opinião, o ataque ideal é com Nico e Aylon. São goleadores e os estilos de jogo deles se complementam.

Aliás, parece que não há mais dúvidas sobre o time titular do Inter. Já posso dizer de antemão qual escalação que jogará contra o Santos semana que vem: Danilo Fernandes, William, Ernando, Paulão e Geferson; Fabinho, Eduardo Henrique (porque o Dourado recebeu o terceiro cartão amarelo), Seijas e Valdívia; Nico e Aylon.

Vendo por outra óptica, o Colorado está invicto há três jogos. Resta agora retomar as vitórias no Brasileirão para afastar definitivamente a sombra do rebaixamento.

A torcida colorada não aceita cair para segunda divisão, até porque isto sempre foi sinônimo do “imortal” tricolor que no final sempre morre. O clube segundino da vila Areia conhece muito bem o inferno que deve ser jogar a série B.

O recalque dos bi-rebaixados é tão grande que preferem ver o Inter cair do que saírem campeões, coitados. Uma coisa eu lhes garanto: O Colorado das glórias seguirá nunca rebaixado.

Imagem: http://www.clicrbs.com.br/rs/

 

Compartilhe!
  • 173
  •  
  •  
  •  
  •  
    173
    Shares

Deixe sua Opinião