Como será???

Estou sim surpreso com o que está acontecendo no Brasileirão. Como esperar muita coisa de um time que perdeu sua espinha dorsal? Conca, Bruno, Carlinhos, Diguinho, Cícero, Rafael Sóbis, Walter… Quando a patrocinadora foi embora (antes da hora marcada), todos começaram a zombar. Era o que se ouvia em todos os comentários, de qualquer um que falasse do time de Guerreiros.

Estou comemorando a vice-liderança? Claro que estou… É pouco? Claro que é. Um torcedor, seja ele de qual time for, quer sempre soltar o grito de, É CAMPEÃO! Ainda não estamos nem na metade do campeonato, mas o que já se colheu, após estas 13 rodadas, foi o orgulho de um time vencedor, que tem como sua principal estrela o cara que “afundou” o Brasil na Copa 2014.

O mesmo cara que voltou após a famigerada Copa, sem atuar por diversos jogos e, ainda assim se tornar o artilheiro do Brasileirão daquele ano. O cara que já enfrentou torcidas organizadas, que não tem medo de dar a cara a tapas. O cara que é um dos maiores artilheiros da história do Flusão e joga voltando para marcar na lateral de sua área, como um grande defensor.

Se é atacante, zagueiro, meia ou lateral, não importa. O que conta no momento é o que se está vivendo. Se vai continuar a brigar pelo título ou por uma vaga no G4, isso não importa. Hoje tem times que foram campeões estaduais neste ano e estão desesperados, brigando pra sair da parte de baixo da tabela.

E agora, boa parte da torcida aguarda ansiosamente a chegada de Ronaldinho Gaúcho. Eu, particularmente, tenho minhas dúvidas se a diretoria acertou nessa contratação. Fala-se que o salário será pago com o dinheiro que estão economizando nas saídas de Wagner e Martinucio. Mas será que não existem dois meias, de boa qualidade, que se equiparem aos que saíram?

Contrataram oito no início da temporada. Quatro  têm se destacado. Giovanni, Vinícius, Pierre  e Lucas Gomes. Um já foi embora. Outros dois, pouco são aproveitados e um, acho que evaporou-se. Mas se sem grana contrataram oito, acho que com esse saldo poderia peneirar e achar algo melhor. Sem contar na infeliz ideia de repatriar o Magnata.

Estão trazendo o Oswaldo e o Wellington Paulista. O último, totalmente desnecessário. Qual a diferença dele pro Magnata? Ambos limitadíssimos. E falta pouco pra uma outra revelação sair do ‘castigo’. Sim, falo do Michael. Com certeza esse moleque será o grande herdeiro da camisa nove, quando Fred resolver pendurar as chuteiras.

Então aguardemos os próximos capítulos, ou melhor, as próximas rodadas, para saber aonde vai dar tudo isso. A única certeza que tenho no momento é que não estamos no campeonato para sermos apenas coadjuvantes. Se bobearem, viraremos a atração principal. Tem um bom grupo querendo este estrelato, mas se não abrirem bem os olhos, o penta pode ir pra Laranjeiras. Portanto, vamos à caça. E a caça, no momento, é o galo.

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião