Como tudo começou…

11 de junho de 1922.

Em uma longínqua cidade do interior de Pernambuco, o mundo recebia, de braços abertos, um de seus visitantes mais ilustres.

Nascia ali, junto a ele, uma dinastia.

Simpatizante do Santa Cruz, decidiu construir sua história lá na cidade grande. Isso aos 20 e poucos anos. Rumava ele, então, para a cidade de São Paulo.

Logo em sua primeira semana no desconhecido, enquanto a garoa lhe provava ser realmente a marca registrada de sua nova cidade, um papo de boteco o levou ao Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho.

Muito se falava daquela partida nos dias que antecediam o pleito. E quando digo que muito se falava, me refiro aos botequins, ao rádio, aos jornais. Era década de 40. Não havia Globoesporte. Muito menos Denílson e Renata Fan.

Sem saber ao certo o que iria encontrar, rumou-se ao recém inaugurado Pacaembu para uma tarde de bom futebol.

As equipes entram em campo e, para sua surpresa, enquanto uma delas trajava o verde, a outra apresentava linhas horizontais em vermelho e preto contornando a camisa branca. Caramba, esse uniforme lembra o meu Santinha…

São Paulo e Palmeiras jogavam pela Taça Cidade de São Paulo. Em uma partida de encher os olhos, Leônidas e Luizinho garantiram a vitória de 2×1 para o Tricolor.

Encantado com o que presenciara, logo exclamou aos quatro cantos: ‘Vou torcer para esse quadro aí. A partir de hoje eu sou São Paulo’.

Aquele sentimento cresceu dia após dia e passou de geração para geração. Passou para seu filho e para o filho de seu filho.

Neste domingo, o Seu Natalício, meu avô, comemorou seus 95 anos de vida. PUTO DA VIDA, viu seu (nosso!) time sair derrotado em Itaquera.

Aquele ‘quadro’ que ele aprendeu a amar podia ter lhe dado um melhor presente nesta data especial. Nada, porém, que o faça deixar de assistir o próximo jogo com os mesmos dedos cruzados de sempre.

Histórias do São Paulo, do futebol, da vida.
Às vezes a dor da derrota, ainda que gigante, é menor que tudo que ela envolve…

Imagem: saopaulofc.net

Compartilhe!
  • 34
  •  
  •  
  •  
  •  
    34
    Shares

Deixe sua Opinião