Como vivem os Otérios?

Salve Nação Azul!

Pra começo de conversa, uma dica aos emplumados:
Peguem seus ‘quando tá valendo’ e enfiem na cloaca.
A seco.
Sutil como um abacaxi com coroa, casca e tudo!

Entendam, otérios: futebol é bolinha na casinha.
Nada se ganha de véspera.

Falaram pacaralio.
Foram assoberbados ao extremo (natural)…
E esse time do Cruzeiro é cascudo demais, parceiro.

Lembrem-se: há apenas sete meses eles derrotaram os milionários de Palmeiras, Grêmio e Flamengo.
Não ia ser com vocês, minúsculos, que a história seria diferente.

Cadê o conversado do Pastor agora???
Cadê o babaca Maluquinho nessa hora???
Queria demais ver a cara deles na reapresentação.
Aquela cara de jiló requentado na janta…

Com Dedé gigantesco.
Arrasca e Neves decisivos.
HenriKross mostrando porque tem meu respeito.

E Edilson…
Menino curtido na pingaiada…
Esse merece um adendo especial.

Primeiro conversou meia dúzia de borracha no ouvido do bom venezuelano.
Tomou um tapa na orelha e deitou, mostrando ao juizão o que estava por vir.

Depois, mostrou o número de sua chuteira para o Otério, que caiu feito um patinho…
Feito uma galinha, aliás!
Chamou no Edison um safanão e desceu pro chuveiro mais cedo.
Pra tirar o cheirinho.
Fim!
Acabou o time deles!
O time de uma jogada só!

Logo você, Otério.
Que fez gracinha em campo no domingo.
Que conversou fiado em rede social durante a semana.
Logo na frente da torcida que cumpre seu papel… que papelão hein?

Aí rolou aquele atropelamento!
Ontem o Cruzeiro sequer foi ameaçado.
Sem o Otério o time de vocês é presa muito fácil para qualquer um.
Pro Cruzeiro, cabuloso, cascudo… foi um sacode!

Aproveito que já estão aqui me dando audiência de novo para completar a lista:
– WhatsApp não ganha jogo; não adiantou inundarem meu celular de abobrinhas e sumirem desde ontem;
– Facebook aceita tudo; agora chorem! Gente que nunca foi ao estádio distribuindo galhofas sem qualquer medida;

A todos vocês, mais uma vez, recomento: BOSTON MEDICAL GROUP!
Para todos que gozam rápido demais!
Dizem ser eficaz, viu. Dizem…

Aqui não, neném!
Meu time anda de busão!
Desembarca no meio do seu povo, saúda seu povo, que lota os estádios nas boas e nas más!

Pra acabar, a vocês resta de novo o choro.
As lamúrias de se afogarem em suas próprias mentiras.
Uma instituição que passa os anos apoiada em embustes criados para sustentar o ego.

Que viveu por anos da tal estrelinha amarela.
Uma geração marcada por um 6×1 no lombo que se apoia num factoide para fingir amenizar.
Que agora vai reclamar que foi roubado, que foi comprado, etc, etc enquanto balançam o gelo no copo de whisky de pijama e pantufa.

Desejo, de coração, que sigam assim por muito tempo.
Apoiados nas mentiras que inventam para sobreviver.

Esse é o jeito de viver dos Otérios.
Enquanto (ed)’ilson’, a gente segue enfileirando canecos!

PODE GRITAR NAÇÃO!
É CAMPEÃO!
É CAMPEÃO!
É CAMPEÃO!

Abraços a todos, saudações celestes, fiquem com Deus!
Até a próxima!

por Rogério Lúcio
Twitter: @rogeriolucio77

(Foto: Agência i7)

Compartilhe!
  • 286
  • 2
  •  
  •  
  •  
    288
    Shares

Deixe sua Opinião