Na juventude de Marciel e na raça de Ralf

Em estréia do novo uniforme homenageando os filhos do terrão, o jovem Marciel, oriundo da base, foi autor de um dos gols, da vitória sobre o Fluminense por 2×0.

O Corinthians, que estava comemorando com a sua torcida seus 105 anos de glórias, e estreando o novo uniforme, começou firme na partida e logo aos 4 minutos abriu o marcador com um belo gol de Marciel, que substituiu Elias, que serve a seleção.

A partir daí foi aquele marasmo, aquele toque de bola irritante, sem vontade, até tomar um susto com uma lance onde quase originou o gol do Fluminense. Precisou deste estalo para o Timão voltar pra partida, assumir o controle do jogo e ficar no quase por duas vezes.

Malcon perdeu um gol incrível cara a cara com Cavalieri, e outro o goleiro do time tricolor carioca fez uma grande defesa.

Eu não sei se sou muito chato, ou estou muito exigente, mas por que o time só pega no tranco? Por que não tenta fazer logo os gols para depois poder dominar a partida com mais calma?
Problemas que o técnico Tite terá de solucionar, afinal não é de hoje que o time sofre com os apagões, toma uma certa pressão e acorda para “vida”!

Como disse por aqui, pode até ser sorte de não sofrermos os gols, ou por falha dos juízes, como aconteceu ontem no segundo tempo, onde foi anulado um gol do Florminense. Mas são ajustes que devem ser tomados, afinal, mesmo com a vantagem de 7 pontos, o campeonato não permite muitos erros.

E quando digo sorte, não estou falando que o setor defensivo do Timão tem problemas, pelo contrário, é a melhor do campeonato e tem grandes méritos!

O segundo tempo foi monótono, o Fluminense ia aos trancos e barrancos, o Corinthians tocava a bola sem precisão, o time do Rio de Janeiro, só levou perigo no lance do gol mal anulado, e o Corinthians fez pouco e matou as esperanças do tricolor com o gol do Ralf.

A vitória valeu para nos consolidarmos e abrirmos uma boa diferença para o Atlético MG.

Não quero terminar esse post sem comentar dos cornetas e antis que sempre dizem que existe um complô a favor do Timão neste campeonato.

Concordo que houve uma falha grotesca ontem na marcação do impedimento.

Mas do que os torcedores e dirigentes do Fluminense estão reclamando? Eles são os que menos podem falar por aqui, afinal já estão devendo duas séries B!!!

O Atleticanos reclamam, mas o time das Lurdinhas perdeu dois jogos que não poderiam, para o Chapecoense e Atlético PR, e ainda teve um pênalti na partida contra a porcadinha que não existiu e não vi ninguém abrir a boca!

Mas como somos o Corinthians, aquele time que todo mundo quer ser, aquela torcida que todo time quer ter, sempre vai ter mais repercussão!

E que venham o Palmeiras no domingo!

Melhores momentos

https://www.youtube.com/watch?v=aihAEwozbmE

Ficha Tecnica

CORINTHIANS 2 X 0 FLUMINENSE

Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 2 de setembro de 2015, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (SC)
Assistentes: Fábio Pereira (TO) e Carlos Berkenbrock (SC)
Público: 29.328 pagantes
Renda: R$ 1.553.141,50
Cartões amarelos: Antônio Carlos, Renato e Marcos Júnior (Fluminense)
Gols: CORINTHIANS: Marciel, aos 4 minutos do primeiro tempo, e Ralf, aos 25 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Edu Dracena, Gil e Guilherme Arana; Ralf, Marciel, Jadson (Rildo), Danilo e Malcom (Rodriguinho); Vagner Love (Romero)
Técnico: Tite

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Renato, Henrique, Antônio Carlos e Gustavo Scarpa; Edson, Jean, Cícero (Vinícius) e Gerson (Osvaldo); Marcos Júnior e Wellington Paulista (Michael)
Técnico: Enderson Moreira

Corinthians

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe!
  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
    4
    Shares

Deixe sua Opinião