Corinthians perde e dá adeus à Libertadores

Corinthians x Guarani

Corinthians joga bem no primeiro tempo, tem duas expulsões na segunda etapa, perde de 1×0 para o pequeno Guarani do Paraguai e dá adeus à Libertadores da América.

É meus amigos, o Corinthians perdeu mais uma vez, e não foi hoje e não só dentro de campo.

O time alcançou o auge muito cedo, eu mesmo vim aqui elogiar muitos jogadores e a maneira de como o time estava desenvolvendo o futebol dentro de campo.

Foram milhares de entrevistas, jogadores aparecendo em muitos jornais esportivos, técnico sendo comparado com os grandes treinadores da Europa, e parece que esses elogios subiram à cabeça de muitos dos jogadores e também da direção técnica.

Outro aspecto foram os direitos de imagens dos jogadores que já estão a um bom tempo atrasado, mas veio à tona, justamente, na fase decisiva dos campeonatos. Basta ver o jogo contra a Ponte Preta e a partida de ida contra esse mesmo Guarani. E não tentem me convencer que não houve corpo mole.

Tanto é que nesta noite de quarta-feira, a diretoria correu para tentar resolver o problema. Mas a vaca já tinha ido pro brejo, depois de uma derrota ridícula por 2×0 no Paraguai. Fora que nessa hora não aparece um membro, seja lá de onde, para explicar o que realmente aconteceu, ou o que está acontecendo.

Outro aspecto é a falta de força na Conmebol, Sheik suspenso por três partidas em um lance que não houve agressão e um juiz safado para apitar mais uma peleja de extrema importância em umas quartas de final. Lembrando que essa não é a primeira vez que isso acontece, basta lembrar do sem vergonha do Amarilla naquela fatídica noite onde ele deixou de marcar dois pênaltis e anulou dois gols legítimos.

Espero que esses erros internos cometidos pela diretoria, esse corpo mole, e soberba que tomaram conta de toda a equipe caia por terra. Afinal o que ganhamos esse ano??? Nada!!!

Hoje vou deixar de criticar jogador por jogador, pois agora é hora de corrigir o que está atrapalhando o andamento do time, que se retirem as laranjas podres, e eu sei que elas existem, que reformule a folha de pagamento e elenco, que paguem em dia à quem se deve de direito e que se faça de tudo para conquistar os dois títulos que nos restam.

Melhores Momentos:

https://www.youtube.com/watch?v=wl76MntuYyc

Ficha Técnica

Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 13 de maio de 2015, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Enrique Osses (Chile)
Assistentes: Marcelo Barraza e Christian Schiemann (ambos do Chile)
Cartões amarelos: Guerrero, Fagner, Gil e Elias (Corinthians). De la Cruz e Mendoza (Guaraní)
Cartões vermelhos: Fábio Santos e Jadson (Corinthians)
Público: 39.806 pagantes (total de 40.239)
Renda: R$ 3.327.731,50
Gol: GUARANÍ: Fernández, aos 46 minutos do segundo tempo
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe (Mendoza), Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias (Bruno Henrique), Jadson, Renato Augusto e Malcom (Danilo); Guerrero
Técnico: Tite
GUARANÍ: Aguilar; Patiño, Cáceres e Maldonado; Bartomeus, Juan Aguilar (Ocampo), Palau e Mendoza e De la Cruz; Benítez (González) e Santander (Fernández)
Técnico: Fernando Jubero

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião