Criem vergonha na cara e honrem essa camisa

 

Que papelão, que fiasco, que futebol deprimente o Grêmio vem apresentando no Brasileirão. Nos 4 a 0 diante do Coritiba, no Couto Pereira, o Tricolor mais uma vez foi uma caricatura de time. Tomou a goleada só no primeiro tempo e Roger Machado, de novo, errou nas substituições.

Não se trata de um filme de terror, mas de comédia, porque a equipe tem sido uma piada. O presidente Romildo Bolzan Júnior garante que os atletas recebem em dia. Portanto, salário não é problema e sim, a falta de atitude. O Grêmio aceita o resultado. Os jogadores estão sem alma. É a hora de Bolzan meter o dedo na cara e fazer cobranças fortes.

O Tricolor não pode ter desaprendido a jogar. No entanto, é inegável que aquele bom futebol do início do campeonato sumiu em meio à incompetência de alguns atletas. Insistir em Marcelo Oliveira é burrice, pois ele não faz jus à titularidade.

A zaga, que era motivo de orgulho, virou uma peneira – todo jogo sofre gol pelo alto e Roger garante que vem trabalhando para corrigir o problema (nem eu, nem você estamos vendo surtir efeito).

Marcelo Grohe é 8 ou 80. Em uma partida, defende todas. Na outra, sai caçando borboleta como no primeiro tento do Coritiba. O ataque tem sido uma inoperância total. Luan, sozinho, não consegue fazer nada e Henrique Almeida é um mero esforçado, nada além disso.

No domingo recebemos o líder Palmeiras, na Arena. A situação é crítica pelos maus resultados, já que dos últimos 21 pontos disputados, ganhamos apenas seis, o que é muito pouco para quem desejar retornar ao G-4 ou brigar pelo título, que tem ficado mais distante.

Uma vitória contra o Verdão é fundamental para retomar a confiança e Roger mostrar que ainda tem condições de permanecer à beira do campo. Porque o torcedor não aguenta mais o mesmo blá blá blá.

Criem vergonha na cara e mostrem que o Grêmio pode dar a volta por cima. Chega de desculpas por atuações desastrosas. O momento exige recuperação imediata. Que comece neste final de semana.

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião