De BOA na Libertadores!!

Chuva, gramado pesado,  às vezes um duelo truncado, adversário batendo, mas o resultado que esperávamos. A vitória de 1 a 0 sobre o Godoy Cruz em Mendoza,  teve cara de Libertadores. Os hermanos foram valentes e, por alguns minutos perigosos, mas tudo se ruiu com o gol de Ramiro logo aos 44 segundos de bola rolando no Malvinas Argentinas.

Não se pode ter uma grande apresentação nas condições irregulares do campo. Mas, isso também é Libertadores. Era natural que o Godoy buscasse a superação em campo. Só que, desse lado, tem Marcelo Grohe, tão criticado e, ao mesmo tempo, o melhor jogador em campo, como ontem.

A coletividade favoreceu o Tricolor outra vez. De Kannemann para Barrios, que acionou Pedro Rocha, que deu passe açucarado para Ramiro fazer o gol e garantir a vantagem para o duelo da volta. Em uma competição de mata-mata, largar na frente é fundamental. O Grêmio aproveitou ainda para quebrar um tabu.

Depois de 15 anos, o time voltou a triunfar na Argentina. A última vez havia sido com Tite em 2002 – 2 a 1 sobre o River Plate. A vaga para as quartas de final está encaminhada e, no dia 9 de agosto, dentro de casa, vai ser a hora de confirmar presença na próxima etapa.

Como o segundo confronto será daqui a pouco mais de um mês, o negócio é focar novamente no Campeonato Brasileiro e, posteriormente, na Copa do Brasil, onde a classificação está muito perto. Ou seja, estamos de BOA.

E eles? Não podem nem ouvir falar nessa palavra depois do fiasco protagonizado na Beira do Rio. Aliás, o lado vermelho consegue tropeçar nas próprias pernas.

Caíram para a Série B e andam perdendo ou empatando para equipes da C. E ainda queriam zoar da nossa derrota para o Corinthians. Como diz o “síndico” Tim Maia: estou numa relax, numa tranquila, numa BOA…tarde/noite para quem deu vexame na Segundona. Olha o ET de Varginha aprontando aí gente!!

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião