Dobradinha – Futsal e Brasileirão

Sexta à noite, finaliza o expediente, aquela hora sagrada, saímos do “trampo” e fomos ao Parque São Jorge assistir a Primeira Partida da Final da Liga Paulista. Em seguida, partiríamos rumo a Floripa, assistir o jogo contra o Figueirense e o segundo jogo pela Liga Nacional de Futsal.

Durante o jogo no Parque São Jorge, a torcida chegou aos poucos devido à chuva e trânsito. A partida foi paralisada muitas vezes, devido a goteiras, confusão entre jogadores e torcedores que davam catarrada no banco de reservas dos adversários. Um verdadeiro jogo de final, com muita rivadalidade.

O Corinthians bateu o Orlândia por 6-4 e entrará na segunda partida precisando apenas do empate no tempo normal para ser campeão.

unnamed (1)

Após o jogo era hora de parar no mercado, comprar cerveja, gelo, encher o tanque e partir em busca dos três pontos.

Todo mundo no carro: quatro pessoas e um isopor cheio de cerveja, para os dois que estavam no banco de trás.

Essa é quarta vez que eu fui assistir uma partida de futebol no Orlando Scarpelli. A viagem é sempre uma alegria, foram 800 km regados à cerveja.

Chegamos na madrugada e fomos direto para a sede de uma torcida do Figueirense, onde rolava uma confraternização, com torcedores de ambos os clubes e muita cerveja e carne.

No sábado pela manhã, fomos para a praia: Cerveja, sol, mulher e muito papo de Corinthians. A noite não foi diferente, só mudou o local.

♫ ♪ ♫ “Quando falar do Corinthians vê se fala certo, vê se não tem nenhum gavião por perto. Não… Não faça intriga” ♫ ♪ ♫

unnamed

No domingo cedo, teve um campeonato de futebol entre os torcedores paulistas e catarinenses, claro, com muita cerveja. O jogo não terminou, porque todos os torcedores bêbados invadiram o campo, digo a praia, para cobrar o atacante de um gol perdido. É, meu amigo, se você acha difícil jogar pelo seu time de coração, você não imagina a pressão que é jogar pela sua torcida.

♪ ♪ “Se o Corinthians não ganhar, olé olé olá o pau vai quebrar.” ♪ ♪

unnamed (2)

Após o início de confusão fomos todos juntos a pé para o estádio, o clima era de festa e não poderia ser diferente.

O estádio não tinha um grande público, mas havia uma grande mistura de alvinegros. Torcedores do Figueirense junto dos corinthianos moradores de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo.

O jogo foi feio por causa do gramado cheio de poças e ao Vagner Love, que mais uma vez, perdeu diversos gols. Mas o mais importante foi a vitória por 1-3. (Mais informações sobre o jogo estão na seção Corinthians aqui).

Após o jogo, a maior parte dos torcedores voltou para suas cidades, mas nós fomos fazer uma nova confraternização na sede da torcida do Figueirense.

unnamed (1)

 

A Saga continua no próximo post com a segunda partida em Floripa, agora pela Liga Nacional de Futsal e a Festa de confraternização.

Compartilhe!
  • 14
  •  
  •  
  •  
  •  
    14
    Shares

Deixe sua Opinião