Ele quer. A Massa quer. Gritemos então, no salão de festas: ‘Olê, Marques’

Cinco anos após a sua aposentadoria, o ex-atacante Marques, que tantas alegrias deu à Massa, ainda sonha em fazer um jogo de despedida. Não tenho a menor dúvida ao afirmar que esse desejo não é apenas dele, mas também da torcida alvinegra em sua maioria. Afinal de contas, gratidão é o mínimo que podemos oferecer ao eterno ídolo alvinegro.

Além disso, que atleticano não gostaria de voltar a gritar em alto e bom som ‘Olê Marques’ no estádio? Ele merece. A Massa também. Alô, Nepomuceno, não deixe passar essa oportunidade. O ideal seria que a despedida viesse nesse amistoso de amanhã contra o Shakhtar, mais conhecido como time do Bernard.

Mas não há mais tempo hábil para isso. Que seja marcado um novo amistoso então. Quem sabe contra o time chinês do Cuca e do Tardelli? De preferência em uma quarta-feira e com a garantia de que o tal Goulart esteja em campo. Seria viável ou isso é exagerar nos sonhos? Não sei. Atleticano não sabe o que é viver sem sonhar.

Marques foi certamente o maior ídolo da Massa entre a década de 90 e os primeiros anos do novo século. Campeão mineiro três vezes e da Copa Conmebol em 1997, foi garantia de espetáculo em suas três passagens pelo Galo Doido. A compra do ingresso era recompensada com o show do camisa 9. Na verdade, pagávamos, desde aquela época, couvert artístico.

Com números significativos (133 gols em 386 partidas pelo clube), foi ele ainda o grande responsável pelo sucesso de dois centroavantes que cansaram de balançar as redes adversárias com o manto alvinegro: Valdir Bigode e Guilherme Picanha. Sem o Marques na ponta, esses dois não chegariam às marcas alcançadas.

É hora, então, de o clube retribuir ao eterno Marques o que ele nos deu durante anos. E é garantida a presença em massa da Massa nesse jogo. O palco deveria ser o nosso Salão de Festas da Pampulha, pois foi lá que Marques derrubou adversários em sequência com a camisa alvinegra que exala amor e fé. Coloca o CD da Beth Carvalho no carro e põe a cerveja pra gelar, atleticano. Porque em breve teremos mais festa no sítio!

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião