Foi na garra!!!

04 de março de 2015, Beira-rio, Inter x Emelec pela terceira rodada da Libertadores. Mesmo com o temporal que atingiu Porto Alegre antes do jogo, a torcida compareceu e apoiou como se estivesse em uma final.

O Inter começou a partida fazendo uma blitz. Logo aos 6 minutos, Vitinho cobrou falta e acertou a trave. Aos 10, Nilmar finalmente desencantou, recebeu passe magnífico de D’Alessandro, invadiu a área e bateu de pé direito na saída do goleiro equatoriano, 1 a 0.

A partir daí o Inter parou. Com o sistema adotado pelo técnico Aguirre era evidente a falta de criação no meio campo. Engana-se quem acha que o Inter jogou num 4-2-3-1 ou num 4-3-3 como li nos jornais. Aguirre posta o time, no esquema 4-4-1-1 com os meias bem abertos sendo marcados pelos laterais adversários e com D’alessandro próximo a Nilmar.

O Inter trocava passes entre seus zagueiros e laterais e não tinha saída de bola. A armação ficava com os volantes Nilton e Nico. D’alessandro com 34 anos corria como um louco pedindo a bola na intermediária, hora no ataque, hora na linha de volantes. Não demoraria a sentir uma lesão muscular.

O Emelec tomou conta do jogo e em duas saídas de bola erradas da defesa colorada viraram a partida aos 22 e aos 46 minutos enquanto D’alessandro saia lesionado.

Aguirre chamou Alex para o lugar de D’alessandro que entregou a braçadeira de capitão para o companheiro. O Inter melhorou e aos 14 minutos Nilmar em ótima jornada encontrou Alex em velocidade que deu um toquinho por cima do goleiro empatando a partida. O Beira-rio estremeceu e a partir daí a torcida jogou junto com o time gritando, apoiando e vibrando a cada lance.

O gol redentor da virada veio aos 37 minutos. Após cobrança de escanteio de Alex, o goleiro socou a bola para frente e Réver, sem deixar ela cair, emendou uma bomba com raiva no canto esquerdo, 3 a 2.

Mais uma vez Nilton e Fabrício foram abaixo do esperado. A boa notícia foi a grande atuação de Nilmar. Alex novamente foi o homem da partida.

São jornadas como a da noite desta quarta-feira que forjam times vencedores, mas Aguirre tem muito trabalho pela frente se quiser se sagrar campeão.

Imagem: http://zh.clicrbs.com.br/

 

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião