Foi só o primeiro tempo

Botafoguenses do céu e da terra.

A história se repete. Terminado o primeiro tempo do jogo com o Vasco, estamos atrás. Foi assim contra o Fluminense e sabemos o final da história. Fomos e somos infinitamente melhores que o bacalhau.

Duas bolas na trave, domínio completo do jogo e um gol estranho (ainda desconfio que estava impedido). Espero que Renê Simões não insista com Gegê e Sassá, que já mostraram que não podem jogar no Fogáo.

A hora do troco se aproxima. Temos que lotar de novo a nossa parte e ficar atentos às armações de Eurico. Deixemos os vascaínos comemorarem. Sabemos que mais um vice se aproxima deles. Portanto, nada de desânimo.

 

imagem: ndonline.com.br

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião