Levantamento de valores: CADÊ O DINHEIRO?

Salve Nação Azul!

A Nação anda apreensiva! E com motivos!

As notícias de ações de clubes contra o Cruzeiro na Fifa foram chegando aos montes nesse segundo semestre, e com detalhes assustadores.

Agora o clube acerta a venda de um de seus pilares para fazer caixa, pois ‘tem compromissos a honrar com seus funcionários’…

Segundo levantamentos da imprensa, essa parte dos compromissos é que os salários de Outubro, vencidos no começo de Novembro, ainda não foram pagos.

Ou seja: O BURACO É BEM MAIOR DO QUE A GENTE PENSA!

Mas o que aconteceu?
Onde foi parar o dinheiro do Cruzeiro?
A culpa ainda é do Mattos?
Ou do Gilvan e suas negociações, no mínimo, curiosas?

Vamos tentar clarear um pouco os fatos.
No começo de 2013, o clube investiu cerca de R$ 40 milhões para montar o time que foi campeão brasileiro daquele ano.

Durante o mesmo ano, o clube vendeu Diego Souza (R$ 10 mi) e, em Janeiro, Vinicius Araújo (R$ 11,5 mi).
Esses são os valores que couberam aos cofres do Cruzeiro!
Gastou para comprar Willian (R$ 12 mi) e Marlone (R$ 5,3 mi).

Faturou o Bi Brasileiro e desmontou o time.
Disseram, óbvio, que era para pagar as contas.

Vejam os valores:
Nilton: R$ 4 milhões ao Inter de Porto Alegre
Egídio: R$ 3,2 mi ao Dnipro
Lucas Silva: R$ 20,3 mi ao Real Madrid
Goulart: R$ 22 mi ao Guangzhou
Éverton Ribeiro: R$ 25 mi ao Al Ahli
Wallace: R$ 17,3 mi ao grupo Gestifute

Tudo isso em Janeiro de 2015.
A soma é de R$ 91,8 milhões, fora o saldo R$ 4,2 mi do ano anterior.

Ou seja: PRONTO!
Investimento pago: gastamos 57, entraram 96!
Conta do Mattos quitada!
Dinheiro em caixa!
Vida que segue!

Certo?
Ledo engano…

Os processos aos quais o Cruzeiro foi acionado são de jogadores vindos para cá no biênio 15-16.
O Cruzeiro deve aos clubes negociações estranhas de nível parco do tipo Pisano, Riascos e Latorre.!.!.!

É natural do Gilvan não abrir a caixa preta de anunciar valores das compras e vendas dos seus atletas.
Dito isso, não consegui levantar os valores de alguns negócios, como as compras de Grolli, Pará, Mena, Neilton, Edimar, Uillian Correia, Gabriel Xavier e William Farias.

Mas houveram vendas nesse período:

Bruno Viana rendeu R$ 5 milhões aos cofres celestes. Marinho, R$5,3 mi.
O clube ainda negociou em 15-16 os direitos de Neilton, William Farias, Allano…

MINHA CONTA NÃO FECHA!
De 2015 e 2016, entraram no Cruzeiro algo em torno de R$ 125 milhões oriundos das vendas de jogadores.
Isso para um gasto acumulado de algo em torno de R$ 43 milhões, mais os R$ 40 mi de 2013, excetuando aí entradas e saídas das quais não achei os dados econômicos.

Ou o Cruzeiro contrata mal pra caramba, ou negocia mal com seus credores, ou tem nêgo ganhando comissão por fora aí…

Olhem o que é cobrado do Cruzeiro pelos clubes:
Willian: R$ 3,8 milhões ao Zorya (Ucrânia)
De Arrasctaeta: R$ 4,2 mi ao Defensor (Uruguai)
Latorre: R$ 12 mi ao Defensor (Uruguai) – essa dívida é de lascar!
Riascos: R$ 3,7 mi ao Morelia (México) – merda!
Caicedo: R$ 5,7 mi ao Del Valle (Equador)
Pisano: R$ 1,8 mi ao Independiente (Argentina)
Sóbis: R$ 6,5 mi ao Tigres (México)
Denilson: R$ 3,2 mi pelo seu empréstimo (!) ao Al Wahda (Emirados Árabes)
Ábila: R$ 3,2 mi ao Huracán (Argentina), dívida assumida pelo Boca Juniores

Esses valores das dívidas podem estimar juros; por isso alguns sites dizem algo em torno de R$ 50 milhões ao todo de ações na Fifa.

E essas dívidas podem gerar punições e sanções, que passam por proibição de fazer transferências internacionais, participar de torneios internacionais, perda de pontos e até rebaixamento!

Primeiro acredito que nos são devidas as EXPLICAÇÕES!

ONDE ESTÁ O DINHEIRO, DR. GILVAN?
QUEM VAI VIR A PÚBLICO NOS EXPLICAR O QUE ESTÁ ACONTECENDO?
POR QUE, ALÉM DE DEVER AOS CLUBES, OS SALÁRIOS AGORA TAMBÉM NÃO ESTÃO EM DIA?

Esse é outro fato que me preocupa.
Enquanto o jogador está escutando que o time está atrasado com esse ou aquele pagamento, é ruim mas razoável.
Agora, quando o ‘faz-me-rir’ mensal deixa de pingar na conta, aí a coisa descamba muito.
Já vi corpo mole.
Já vi descaso.
Já vi até greve.
Esses fatos são comuns do lado cor-de-rosa de Minas.

A venda do Diogo Barbosa resolve de imediato a questão dos salários de Outubro pois traz mais de R$ 5,8 milhões ao clube.
Mas e mês que vem?

Sorte nossa que o time foi para a Libertadores, quem tem altas cotas de patrocínio e TV.

Mas e a solução?
Vender, meus caros…
Vender nossos jovens bons de mercado.
Vender nossos jogadores de bom nome no exterior também.

Os alvos são fáceis: Murilo, Alisson e Sóbis, além do já de saída Diogo Barbosa.

Pois se em 2015 vivemos um desmanche para pagar a conta do Mattos, e agora?
É para quê?
Quem vai vir a público nos trazer uma auditoria dessas contas?
Dr. Gilvan vai pular fora sem dar meia palavra?
E o Bruno, que já vazou?

A impressão que dá é que o Cruzeiro foi gerido por bons dirigentes no âmbito desportivo (vide os títulos desses últimos seis anos), mas terríveis na esfera econômica.

Meu medo é não sobrar ninguém.
Tipo aquela história de que ‘o último a sair apaga a luz e fecha a porta’…

Abraços a todos.
Saudações celestes, fiquem com Deus!
Até a próxima!

por Rogério Lúcio
Twitter: @rogeriolucio77

(Foto: Washington Alves/Ligth Press)

Compartilhe!
  • 926
  •  
  •  
  •  
  •  
    926
    Shares

Deixe sua Opinião