Luis Fab…uloso??

Qual a verdadeira função do camisa 9? Na minha opinião, o 9 está lá para decidir o jogo. Não importa se é de bicicleta ou de canela, o 9 está lá para “matar”. Pois bem, é isso, então, que queremos e sempre esperamos do Sr. Luís “Fabuloso”.

A grande verdade é que aquela história de que ele não decide na hora “H” é a mais pura verdade. Foi assim não decidindo na hora “H” contra o Once Caldas na Libertadores de 2004, contra o Coritiba na Copa do Brasil de 2012, na final da Sulamericana também em 2012 (expulso, tivemos que aturar o grande William José no jogo decisivo), na semi do Paulista de 2013 ( nada durante o jogo e perdendo pênalti crucial na disputa), Libertadores 2013 nem se fala (fora de 4 jogos importantíssimos devido a mais uma expulsão sem fundamento).

Nesse Brasileiro, o “Fabuloso” parece estar jogando de calça jeans, visivelmente fora das condições físicas ideais. Hora ou outra faz um gol importante? Sim, sem dúvidas. Entretanto, possui um débito imensurável comigo e com os outros 50 mil que foram recebê-lo de braços abertos em sua reapresentação.

Ontem, mais uma vez, desperdiçou chances cruciais e não decidiu. Vontade acredito que não lhe falte. Talvez o que lhe falte mesmo seja estrela, e isso é fundamental para um centroavante tricolor. Estrela não significa ser craque. Um bom exemplo disso é aquele Chico Bento campeão mundial pelo tricolor em 2005 e que foi decisivo na conquista do time da marginal no ano passado. Para mim, Danilo pode ser considerado (talvez centímetros acima do Fred) o cara com mais estrela do futebol brasileiro nos últimos anos.

Seus dois títulos (Sulamericana 2012 e Rio-São Paulo 2001) não o credenciam ao status de ídolo. Ídolo decide classificação, decide clássicos, decide finais. Ídolo se constrói com glórias! E é isso que queremos do Senhor, Luís Fabiano.

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião