Maloqueiro e sofredor!

Esse ano pra quem está esperando grandes apresentações e grandes vitórias do Corinthians, já pode ir dispensando esse tipo de ideia. Vai ser tudo na força e na raça!

Para essa nova geração que já estava acostumada a ver o Corinthians vencer sem grandes problemas, para esses torcedores que vão ao estádio esperando uma apresentação digna do ingresso caro, para os modinhas e pay per views que vão ao jogo para querer aparecer no telão e pouco se importam com o resultado. Podem começar a sofrer meus amigos, esse ano vai ser na base da camisa!

Que desesperador ver o time com mais de 70% de posse de bola, com volume, com vontade, sofrer e suar sangue para vencer o jogo!

Mas pra quem não se lembra…isso sim é Corinthians!

Esse tipo de vitória que nós torcedores estávamos acostumados a ter. Esse tipo de peleja que fazia a gente acreditar no elenco, mesmo ele sendo limitado. Essa entrega que queremos em todos os jogos. Essa dedicação que fez da gente ser o time que somos!

O time do povo, de uma nação, um time de um bando de louco, uma torcida de maloqueiros e sofredores!

Esse partida me fez lembrar o equipe de 90, quando vencia de forma surpreendente seus adversários e foi em busca do primeiro título brasileiro, mesmo que desacreditado. Me lembra o time de 2011, que ganhava de 1×0 e chegou ao tetra somente na última rodada.

Acredito ainda que temos muito a melhorar, nossos meias precisam ser mais constantes, Bruno Henrique ainda precisa ir para o banco de reservas e está faltando ainda um matador!

Mas se todas as dificuldades que temos nós enfrentarmos da maneira que foi no sábado, passaremos por cima dos obstáculos, mesmo que seja no fórceps!

Temos uma semana para o clássico contra a porcada, esse é jogo que nós queremos vencer, esse é o jogo que queremos ver a mesma dedicação e raça que assistimos contra o Coxa.

VAI CORINTHIANS!!!

Melhores momentos:

Ficha Técnica
CORINTHIANS 2 X 1 CORITIBA

Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 4 de junho de 2016, sábado
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Rafael da Silva Alves (RS)
Público: 26.958 pagantes (total de 27.206)
Renda: R$ 1.312.962,00
Cartões amarelos: Cristian e Fagner (Corinthians); Rafael Marques, Ruy e Negueba (Coritiba)
Gols: CORINTHIANS: André, aos 44, e Uendel, aos 49 minutos do segundo tempo; CORITIBA: Negueba, aos 46 minutos do primeiro tempo

CORINTHIANS: Walter; Fagner, Felipe, Pedro Henrique (André) e Uendel; Cristian (Danilo), Bruno Henrique, Marquinhos Gabriel, Guilherme e Marlone (Giovanni Augusto); Luciano
Técnico: Tite

CORITIBA: Wilson; Dodô (César Benítez), Rafael Marques, Luccas Claro e Juninho; João Paulo, Ruy (Thiago Lopes), Juan e Gonzáles (Fábio Braga); Negueba e Kléber
Técnico: Pachequinho

Compartilhe!
  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
    5
    Shares

Deixe sua Opinião