NADA VAI NOS SEPARAR

Eu, que tanto defendi as contratações do presidente Medeiros, começo a questionar a capacidade de alguns que parecem que ainda não entenderam o que significa para um clube de primeira linha, conhecido no mundo inteiro, ter que jogar uma competição de segunda.

O Inter se resume a um grande goleiro e aos lampejos de D’alessandro, que corre os 90 minutos com a idade que tem, mas que certamente não aguentará isso até o fim do ano. Estão esperando o quê para contratarem?

Bola aérea na defesa do Inter virou filme de terror! Cinco zagueiros no grupo e só se salva o Cuesta.

Quatro laterais direitos e nenhum se afirma, fora as improvisações que também não deram certo. Aliás, nosso querido Ceará, que anulou Ronaldinho Gaúcho no Mundial em 2006, não joga mais no Inter! As declarações dadas após o empate com o Paraná no Beira-rio não repercutiram bem.

D’alessandro, após novo revés dentro de casa, desta vez uma derrota para o Boa Esporte (o que ocasionou uma enxurrada de piadas vindas dos Anapolinos sem estádio), declarou que quem não estava comprometido com o clube e não queria jogar a série B, saiu!

Não acho que o recado tenha sido para o experiente Ceará e sim para o ingrato William que implorou sua saída ou para o infantil Valdívia, entre outros, que ajudaram a colocar o Inter na M que está e que NÃO FORAM HOMENS para assumirem tal responsabilidade.

Na lateral esquerda, Wendell começou bem, colocaram ele na meia cancha, depois na lateral de novo, depois voltou para o meio e agora não tem produzido metade do que já produziu. Deixem o cara na lateral!

Carlinhos enganou legal no começo! Executa um difícil drible e toca de calcanhar para ninguém numa zona morta do campo! Marca mal e parece que se desliga do jogo fora o fato de viver lesionado.

No meio salva-se Dourado, que tem afundado junto com todo time já que a engrenagem não funciona, e logicamente, o sobrecarregado capitão D’ale que tem sido o único responsável pela criação das jogadas.

Todos sabem que a máxima de que futebol se ganha no meio-campo é verídica, mas o Inter insiste em jogar pelas laterais. Temos bons centroavantes e nenhum se afirma porque a mecânica de jogo não funciona.

É simples fazer o básico no futebol, ninguém precisa estudar na Europa para entender que futebol é treinamento, é repetição, é sequência… Em um time competitivo tenta-se sempre repetir a escalação. Em um time bem treinado, o jogador pode dar um passe sem levantar a cabeça porque sabe onde seu companheiro vai estar.

Dizem que um time campeão começa pelo goleiro (isso temos), um zagueiro dito “quebrador” e outro zagueiro mais técnico. Um volante bom no desarme e que se preciso dê “chutão”, e ao seu lado um volante marcador que saiba sair jogando. Um meia cerebral, que cadencie as jogadas como o maestro D’ale e um meia-atacante que auxilie na criação, nas triangulações (que devem ser treinadas dia após dia à exaustão) e que tenha velocidade ou um bom chute de média ou longa distância. Um centroavante matador e um atacante de movimentação que seja rápido e saiba driblar.

Chega de Professores Pardais! Chega de três zagueiros, três volantes, três meias ou três atacantes! Chega de dois laterais esquerdos ou direitos, chega de volante na lateral, de lateral na zaga, de meia no ataque, de lateral no meio! CHEGA! NÃO AO FUTEBOL MODERNO! Não há mais tempo para invenções!

Guto teve duas semanas para treinar! Qual será a desculpa desta vez?

Futebol é equilíbrio! Não significa que outras escalações não podem dar certo, basta analisar o esquema de times campeões, mas para isso é preciso as peças certas, muito treinamento e dedicação!

Se não estamos tendo tempo para treinar, como disse o Guto, e se não temos a dedicação de alguns jogadores, o que é notório, ao menos façam o feijão com arroz!

Que deem “chutões”, que joguem muito feio, mas que ganhem, de 1 a 0 do Criciúma, chorado aos 47 minutos do segundo tempo, à fórceps, mas que vençam, na garra, na raça, na vontade, pela nossa torcida, por nós torcedores, pois NADA VAI NOS SEPARAR! Somos todos teus seguidores! Para sempre eu vou te amar, Inter querido! Pra cima deles! Colorado está contigo!

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião