O que rolou no primeiro clássico da Arena Corinthians

por Giuliano Del Pozzo Bem vindo a nossa casa, obrigado e volte sempre! (Mas não esqueçam de pagar o boleto).

Aconteceu tudo o que imaginávamos. Dia de festa na arena, recepcionando os rivais para o primeiro clássico e garantindo 3 pontos na tabela. Quer mais que isso?

Primeiro tempo de muitas faltas e pouca criação. Em campo um  Corinthians que estudou seu rival até mais do que devia e foi conservador ao extremo. Primeiro tempo chato, com muitas faltas e feio de se ver. Nota preocupante do primeiro tempo foi a mão na coxa do Guerrero após um arranque na lateral do Campo (assistindo o jogo, eu jurava que quem havia sentido a lesão era o Renato Augusto. Imaginem a raiva que passei nesta hora).

O Segundo tempo começou agitado e com ele um arranque de Elias, que até então tímido dentro do jogo, que serviu Guerrero dentro da área. 1×0 Timão, e a possibilidade de jogar o resto do jogo do Jeito que Mano Menezes gosta, fechado e explorando as laterais do campo.

No fim do jogo, Petros, o Motorzinho do nosso meio campo, recebeu novamente de Elias, e completou para o gol. 2×0, um tabu de 3 anos e mais 3 pontos na conta.

Renato Augusto novamente não rendeu o esperado, apesar de o comandante Mano exaltar sua atuação em campo. Maior parte da fiel, assim como eu, não aguenta mais esperar seu  momento de protagonista na equipe. Temos mais um reserva de luxo no elenco e nada a mais que isso.

Sobre as máscaras dos torcedores Palmeirense, obrigado por não nos contagiar com a gripe Suína, foram de enorme valia.

Paulo Nobre, a conta ficou para você novamente. Apesar dos 90 milhões investidos no clube, terá de bancar as cadeiras quebradas na nossa casa. Emitiremos o boleto com prazo de 30 dias para o vencimento por ser um cliente fiel.

Giba, to invicto contra você até então. Será que o “Por baixo das Pernas” um dia verá a vitória Palmeirense no Derby?

 

por Paulo Capretti Del Fiori – Sobrevivemos a Gaza!!!

Infelizmente as máscaras hospitalares não surtiram o efeito esperado.

Nossa torcida acabou infectada pelo vírus do vandalismo que comumente se manifesta naquela região da cidade, principalmente nos adeptos daquele time…

Enfim, a atitude de quebrar as cadeiras é lamentável, mas também significa um tiro no próprio pé daqueles que assim agiram.

Sim, por que aqueles que quebraram também são os que construíram!!

Claro, são contribuintes… Contribuintes que já foram roubados com a construção deste estádio às custas de seu dinheiro…

Mas, como é preciso manter hígido o patrimônio público, não se preocupe, caro torcedor adversário!! Certamente nosso presidente vai pagar esta conta… Nada que mais 2 ou 3 caminhões de entulho não resolva…

A propósito: Estamos instalando nossas cadeiras no Allianz Parque. Veja só, que coincidência!!!

Temos algumas sobras… Mas são verdes… Será que tem problema???

No campo, mais uma vez, nosso futebol foi horroroso…

Quando você vai à banca de jornal no sábado de manhã e na capa do Lance! está estampado Felipe Menezes como destaque palmeirense para o jogo, já sabe que a coisa vai ser difícil…

Eu gostaria de ouvir do presidente uma explicação sobre a ideia que ele tem sobre planejamento de um time de futebol! De um time de futebol com este tamanho, tradição e glórias…

Tivemos um time em Janeiro, que não foi o mesmo que começou e terminou o Campeonato Paulista.

Começamos o Brasileirão com um outro time, totalmente diferente, até a pausa da Copa.

Voltamos da inter temporada e o time já mudou. De novo. Chegam e saem jogadores a toda semana. Ainda assim, curiosamente, não temos laterais direito e esquerdo.

Realmente é um grande projeto para o ano do Centenário!

Sem dúvida, o departamento de futebol do Palmeiras hoje se confunde com a tesouraria do clube, por que não há nenhum esforço para se montar um time competitivo. O que se vê é apenas a liberação de qualquer jogador do elenco diante da primeira proposta, tudo pra tentar equilibrar as finanças… O resultado disso? Ambos os setores falidos! Nada mais que isso…

Por fim, como diz nosso companheiro Giu, realmente estão invictos desde a criação deste blog.

Começo a me preocupar…

Não, não.. Espera um pouco…

Eles precisam nos eliminar de 2 Libertadores ainda, certo?

Precisam ganhar um Brasileirão em cima da gente, no Pacaembú, correto?

Mais uns 2 ou 3 Paulistas contra nós??

Ah não tô mais preocupado não…

 

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião