Os bons filhos à casa… dão saudade!

Que saudade dos tempos em que não era necessário se desesperar a cada ataque adversário. Que saudade de quando podíamos encher o peito e dizer “Temos uma defesa!”. Uma defesa que todos admiravam e respeitavam. Se o ataque não era espetacular, nossa defesa não deixava passar nem sombra, enquanto um cruzamento do Jorge Wágner nos garantia mais uma vitória.

Impensável e impossível, hoje em dia, cogitarmos repetir a histórica façanha de 2007, quando ficamos mais de 10 jogos sem tomar um gol sequer. Nossa! Muitas léguas longe disso. Hoje, descer para o intervalo sem tomar gols já é façanha.

Algumas semanas atrás, tive a oportunidade de comparecer à apresentação de Kaká no Morumbi. Dia de festa, bandeiras, samba e empolgação com a chegada do cara que poderia ser a chave para o triunfo nesta temporada. Nosso atual presidente, Aidar, entra no palco todo orgulhoso para apresentar o primeiro grande feito de sua gestão. Assim que entrou, entretanto, aproveitei que estava bem perto do palco e acabei com a minha voz aos berros: “Cadê o zagueiro, porra?? Precisamos de zagueiro!!!!”

Mas não. Não fomos atrás de ninguém. Tolói voltou do empréstimo como o grande xerife que faltava no plantel. Xerife, esse, que retornou após 6 meses de Europa. Vocês acham que se ele tivesse apresentado bom futebol por lá, retornaria após 6 meses? Miranda voltou? André Dias voltou? Breno, antes do ocorrido, voltou? Lugano voltou?

Minha esperança era que ele pegasse uma boa bagagem atuando contra grandes equipes europeias, e voltasse como um zagueiro mais experiente e líder. Tá bom, é cedo. Foram apenas duas partidas de péssima atuação.

Agora, independente de quem esteja em campo, é desesperador ver a equipe adversária atacando. Como já disse, ou é gol ou quase-gol toda jogada. Seja Tolói, Rodrigo Caio, Paulo Miranda, Lucão, Antonio Carlos, Edson Silva. Meu Deus! Olhe novamente para a imagem acima. Agora releia quem são nossos atuais zagueiros..

Três menções honrosas para encerrar…

Muricy, meu caro. Será que estamos vendo os mesmos jogos? Se você já percebeu que todas as opções para a zaga são muito fracas, por que não testa 3 zagueiros? Por que não testa o Húdson como primeiro homem de combate no meio? Por que, com a ausência de Kaká, você alterou mais uma vez o esquema do time? Boschilia não podia atuar junto ao Ganso, fazendo papel parecido ao de Kaká, mantendo a mesma formatação da equipe?

Aidar, meu caro. Você realmente acha que com esses zagueiros que temos, há alguma chance de ser campeão brasileiro? Mesmo a equipe tendo uma atuação melhor que nos jogos anteriores, foi uma dificuldade imensa conseguir achar um gol. De que adianta se a única bola que chega do outro lado (cruzada do meio de campo), nossa zaga deixa que pingue na pequena área?

Luís Ricardo, meu caro. Você deve ser o pior jogador que já integrou o elenco da história do São Paulo.  Pois ser reserva do Douglas, aquele rapaz que não conseguiu acertar UM passe, mais uma vez, durante um jogo inteiro, é o maior atestado de incompetência que já vi.

Nunca exigimos 11 craques. Exigimos um bom time, competitivo, com espírito de Álvaro Pereira.

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião