Para o atleticano, bom mesmo é o Rock in Horto

Para o atleticano, a vitória de 4 a 1 diante do Flamengo foi aquele esperado showzão no “Rock in Horto”…muito mais legal e encantador que o “in Rio”…ora cifras, o Galo tem um conjunto que faz tremer o “palco mundo” no qual se transforma o campo…

…tão consagrado quanto o Queen, o goleiro Victor preenche o gol da mesma forma que Freddie Mercury fazia com o palco…dono absoluto do espaço, especialmente depois de defender mais um pênalti…para a bola “love of my life”…para a torcida, “We are de Champions”…

…O zagueiro Jemerson, com os dois gols que marcou de cabeça, foi tão heavy quanto o Metallica…subiu alto feito a nota musical da guitarra do habilidoso e lendário músico Kirk Hammett…é gol “And nothing else matters”…traduz aí galera: “e nada mais importa”…

…com o sonoro drible que aplicou no rubro-negro Pará, o argentino atleticano Dátolo mostrou a distinta classe da voz rouca de Rod Stewart…jogou a bola por entre as pernas do marcador e depois para as redes com a suavidade dos acordes de “We are everithing”…

…a zaga do Flamengo ainda desafinou com o gol contra de Marcelo…espera-se, ao menos, que os rubro-negros tenham ouvido o afetuoso som da torcida do Galo, vestida de preto e branco, com o estilo e com o charme das teclas do piano de Elton John…”No Sacrifice”…futebol aqui no Horto é arte, com garra e conjunto, de preferência, musical…

Imagem: www.dzai.com.br

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião