Pela Copa do “Brasil das Pelotas” a gente conhece bem os sotaques do nosso futebol

Diante do gaúcho aguerrido Brasil de Pelotas, o Flamengo estreou na Copa do “Brasil das Pelotas”…essa competição é bacana porque ajuda a mostrar as várias faces e sotaques da bola no nosso país…

…no Sul, por exemplo, a gente mata a pelota no peito e parte já pro mate daquele característico chimarrão…o arqueiro rubro-negro Paulo Victor e sua defesa provaram um pouquinho desse preparo que lhes foi servido pelos anfitriões com gosto bem áspero…apesar de não jogar bem, o Flamengo vencia por 2 a 0 até os 47 do segundo tempo, placar que evitaria o jogo da volta, no próximo dia 18, no Maracanã…

…no entanto, na falta cobrada pelo lado direito do ataque, os “Xavantes” de Pelotas mostraram como sai vapor da “gorducha” gaúcha…lá, a bola tem a forma da cuia que recebe a bebida da garra…com o gol de cabeça, Nena fez os visitantes ouvirem, pelo balançar das redes, o tradicional “ronco da bomba”…ou seja, é o sinal de que, agora sim, o chá acabou…é quase a metáfora do bom e velho ditado de que “o jogo só termina quando o juiz apita o final”…

…os rubro-negros cariocas tentaram segurar o resultado, como quem procura, na roda do chimarrão, dizer que já se deu por satisfeito, quando ainda tem “água quente” pra correr…a tática virou desfeita e os “Deuses da Pelota dos Pampas” resolveram premiar o esforço daquele folclórico Brasil bem brasileiro…

…a bonita torcida Xavante agradeceu com uma festa que parecia um banquete cheio de chá, acompanhado de arroz de carreteiro…a galera pulou encharcada pela chuva e pelo charque bem salgado!

…o futebol é uma mistura de gostos, ainda mais nessa “Copa das Pelotas”…por essas tradicionais especiarias do Sul, então, podemos mesmo afirmar que o esporte pode ser doce ou amargo, mas sempre deve ser encarado como uma fina prova dos sabores das mais encantadoras culturas…

 

Imagem: www.principioativo.org

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião