Por DIO5, por Rhoyl e por nós: Que 2018 seja diferente!

03 de Dezembro de 2017. Fim do Brasileirão e a última vez em que os sãopaulinos viram DIO5 Lugano vestindo, em campo, o manto tricolor.

Não foi a despedida que queríamos ver. Seria muito melhor vê-lo como capitão erguendo um troféu, mas, temos que admitir; pelo terrível ano que tivemos foi melhor vê-lo encerrando num jogo com clima de amistoso do que com uma mancha de palmeirização em seu currículo.

Á Lugano só temos à agradecer por toda dedicação e amor que ele sempre doou ao São Paulo e à torcida. Afinal, mais que jogador ele foi um torcedor de chuteiras. Ou vai dizer que você como jogador não seria expulso do banco de reservas por xingar o juiz e também não teria aplicado uma tesoura nas pernas do Gerrard numa final de Mundial?

Já quanto á 2017, acabou sendo outro ano “mais do mesmo” para o São Paulo. Mais um ano em que mais lamentamos do que sorrimos, porém com toques pesados de drama.

Agora, passado todo o furacão, temos uma tímida expectativa positiva para o próximo ano.

Dorival Jr foi mantido. Além do técnico, temos uma boa base montada com jogadores experientes e de qualidade como Arboleda, Petros, Jucilei, Hernanes, Cueva e Pratto. E o mais importante: Iremos praticamente extinguir do nosso elenco o perfil de jogador “cagão” com o fim da “geração 6×1”. Pois, do time que protagonizou aquela vergonha restará apenas o Franzino Rodrigo Leite com Pêra Fair Play Caio. Já que Denis, a MENTIRA, e Bruno sairão.

Sei que R. Caio tem o dom de fazer bobagens e atrair azar, mas, creio que a bênção do Profeta será capaz de reverter isso, assim como ele reverteu nosso quase descenso neste Brasileirão.

Desta forma, a fórmula que a mídia sempre defendeu para o sucesso (manutenção de técnico e de jogadores importantes) será aplicada com rigor pelo São Paulo. Soma-se á isso o fato de que a Diretoria (ainda péssima) parou de protagonizar escândalos, e de que a torcida abraçou o time de vez, superando recordes e se tornando uma força ainda maior para o clube.

É justamente nessa “fórmula” que a torcida deposita sua esperança para 2018. E para um certo grupo entre tantos milhões de grupos do Whatsapp, neste domingo essa expectativa de um ano melhor para o São Paulo ganhou uma motivação maior…

Neste mesmo Domingo, 03 de Dezembro, faleceu um querido amigo tricolor que fazia parte de um grupo só de tricolores em que participo. Para mim, ele era um colega de peladas, habilidoso e fominha (risos) que odiava o time dos gambás como poucos. Mas, para alguns do grupo e para outros com quem cresci junto, o sentimento de perda foi o mesmo como o de ter perdido um irmão.

No grupo, ele já se destacava há algum tempo por dizer repetidas vezes que 2018 seria o ano da retomada Tricolor.

Infelizmente para ele, o Rhoyl, e para muitos outros tricolores, 2018 não poderá mais ser visto. Mas, talvez possa ser sentido através da alegria de milhões de sãopaulinos que certamente lembrarão de cada sãopaulino que estiver lá de cima feliz por mais um título.

É o que todos nós esperamos para o São Paulo em 2018, TÍTULOS E GLÓRIAS como sempre foi na nossa história.

Então, só esperamos que 2018 seja realmente especial…

Por DIO5, por Rhoyl, e por todos nós!

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião