“Por mais força que eu faça, eu não consigo perder para o Flamengo”.

“Por mais força que eu faça, eu não consigo perder para o Flamengo”. Essas foram as palavras do Presidente Eurico Miranda. Polêmicas ou não, só dizem a verdade! Aqui não urubu! Continuamos a 8 jogos sem perder um jogo pra mulambada, ou seja, estamos a 1(um) ano invictos! Isso é Vasco!

EuricoNão ganham nem roubando!!! O que o Sr. Wagner do Nascimento Magalhães (árbitro da partida) fez foi uma cachorrada! O peruano pipoqueiro do Guerrero deveria ter sido expulso! Aquilo foi agressão! E não venham dizer que ele foi provocado… Clássico que é clássico tem provocação sim! Mas agressão é diferente! Se tivesse aplicado o cartão vermelho ao invés do amarelo, a história seria outra, mas…

Ainda teve a entrada faltosa do Márcio Araújo, que já tinha cartão amarelo e devia ter recebido o segundo! Mais uma vez o Fleguês foi descaradamente beneficiado pela arbitragem! Resumindo, o time sem teto deveria ter tido dois jogadores expulsos só no primeiro tempo. O juiz foi expulsar o Jomar que estava na reserva do Vasco. VERGONHA!

Martin SilvaDe início devemos reconhecer que o Cruzmaltino não entrou bem no jogo, mas contávamos com a “Muralha da Colina”, Martín Silva, o goleiro uruguaio que não deixava passar nem sinal de Wi-fi! O Vasco arcou com o transporte por jatinho particular para termos Martín para este jogo, foi o dinheiro mais bem gasto pelo time no ano.

Aos 22 minutos do primeiro tempo após cruzamento de Rodinei, “Piporrero” apareceu livre na pequena área para finalizar. Martín Muralha Silva fez grande defesa. No rebote o peruano tentou empurrar a pelota, e novamente o arqueiro uruguaio fez boa defesa.

O técnico Jorginho teve suas falhas e acertos, falhou ao ter escalado Júlio dos “Sonos”, e Jorge Henrique, que mostraram não serem as melhores opções para as respectivas posições. Porém acertou em substituí-los por Diguinho
e Caio Monteiro que entraram bem no jogo. Isso sem falar na entrada brilhante de Riascos, substituindo Thalles (que já estava bem na partida), e acabou com a festa do urubu.

reiascos vascoSim ele, Duvier Riascos Matador! Entrou para acabar com a alegria dos fregueses, e em menos de três minutos de ter um gol sofrido, empatou a partida comemorando no melhor estilo, calando os torcedores mulambos que o insultaram durante a partida.

E por falar em torcida, a nossa deu um show à parte! Cantou e vibrou o jogo todo, mesmo quando o time sofreu o gol, conseguiu calar a torcida adversária e olha que com o preço dos ingressos à cima de R$100,00(cem reais) o mais “barato”, conseguimos mostrar a nossa força! Estamos de parabéns! Toda a torcida vascaína está!

Com esse resultado o freguês sem teto manteve o jejum de um ano sem vencer o Rei do Rio, totalizando oito jogos. O Gigante da Colina segue na liderança da Taça “Guanababa” com dez pontos ganhos, enquanto o adversário segue na sexta posição com cinco pontos e ainda fora da zona de classificação para a fase semifinal. Kkkkk…

 

Thallesr vasco

FICHA TÉCNICA – FREGUÊS 1X1 VASCO DA GAMA

Competição: 4ª Rodada da Taça Guanabara de 2016

Local: Mané Garrincha, Brasília

Data: 30 de março de 2016

Horário: 21h45 (Horário de Brasília)

Árbitro: Wagner Nascimento Magalhães

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Thiago henrique Neto Farinha

Cartões amarelos: Márcio Araújo, Guerrero, Jorge (Flamengo) / Julio dos Santos, Jorge Henrique, Diguinho e Marcelo Mattos (Vasco)
Cartão vermelho: Jomar (Vasco)

Gols: Marcelo Cirino (33’/2º Tempo) / Riascos (36’/2º Tempo)

Flamengo: Paulo Victor; Rodinei, Juan, Wallace e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Ederson (Alan Patrick); Gabriel, Paolo Guerrero e Emerson Sheik (Marcelo Cirino). Técnico: Muricy Ramalho.

VASCO: Martín Silva; Madson, Rodrigo, Luan e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (Diguinho), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique (Caio Monteiro) e Thalles (Riascos). Técnico: Jorginho.

Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Compartilhe!
  • 10
  •  
  •  
  •  
  •  
    10
    Shares

Deixe sua Opinião