Ruim com ele, muito pior sem ele

Não há notícia mais desanimadora neste início de temporada do que a lesão  no joelho esquerdo de Douglas, nosso maestro pifador. Fica difícil imaginar que ele estará fora fora dos gramados por até seis meses.

Que momento ruim para isso acontecer com o nosso camisa 10, que renovou contrato até o final de 2018. Aos 34 anos, Douglas vivia a melhor fase da carreira. Em 2016, foi eleito melhor jogador da Copa do Brasil. Era peça fundamental, a engrenagem, aquele que ditava o ritmo e deixava os companheiros na cara do gol, além de balançar as redes.

Agora, a expectativa fica por conta do seu substituto. Se Renato não inventar, Miller Bolaños tem tudo para mostrar que a direção do Grêmio fez certo ao comprá-lo por R$ 20 milhões. Apesar de não ter as mesmas características de Douglas, tenho certeza que não medirá esforços para fazer um grande 2017.

No ano passado, por conta da lesão na mandíbula e das constantes convocações para a seleção do Equador, onde se destaca com frequência, ficou longe de ser o Bolaños que a torcida tricolor espera. Na ausência do maestro, chegou o momento de assumir a responsabilidade, às vésperas de uma nova disputa da Libertadores da América.

De qualquer forma, Douglas fará muita falta no meio-de-campo. Essa história de que os treinadores dizem que “temos atletas qualificados para repor” não é bem assim.

Tomara que Bolaños preencha essa lacuna, porque não dá para depositar esperança em Maxi Rodríguez, ao menos que ele prove o contrário, o que acho improvável, já que nunca conseguiu se firmar no time. Que todos joguem por Douglas e busquem especialmente o título do Gauchão, que não vem desde 2010.

Alguns rivais do lado vermelho “comemoraram” a lesão, porém, esquecem que Valdívia também vivia um grande momento quando enfrentou o mesmo problema.

Que nosso camisa 10 possa voltar o mais rápido provável e continue derrubando prognósticos, tanto na parte física como técnica. Se vai retornar no mesmo nível do ano passado, só o tempo dirá.  O fato é que a equipe muito perde sem Douglas. Força para o maestro pifador. A torcida está junta nessa árdua e longa recuperação.

Saudações tricolores!!

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião