São Mané Garrincha, rogai por nós

Já teve um tempo que eu gostava de entrar no tal do simulador de tabela do Brasileirão e tentar fazer projeção. Sempre cravei derrotas da urubuzada, claro. Depois que o Fluminense passou a jogar em campo e no STJD ficou difícil fazer qualquer aposta neste timinho. Mas ontem, depois que um estudante de jornalismo, flamenguista, postou que fez as contas e viu que o Botafogo saia do rebaixamento no final, resolvei recorrer de novo a esse artifício. E não é que deu certo.

O fato de Botafogo ter confronto direto com dois dos seus concorrentes à degola, ajuda muito. Pegar o Atlético na última rodada, em casa, também é um ponto forte. Portanto, para o jogo desta quarta-feira, só me resta apelar para São Mané Garrincha, o santo das pernas tortas e o maior de todos os jogadores que o mundo já viu.

Meu “santo” dos sete poderes. Ajudai para que o Mancini não seja tão limitado na hora de mexer no time. Inspire nosso “treinador” a se convencer que Carlos Alberto nunca foi jogador sério e, portanto, representa só atraso para o time.

Que você inspire nossos poucos e fracos atacantes na hora de finalizar. Que Jeferson, o melhor goleiro do mundo, não resolva tomar nenhum frango. Que saiamos nesta quarta com o simulador debaixo do braço e a fé renovada em você Mané.

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião