O Inter é o Brasil na Libertadores da América

Libertadores é mesmo uma loucura. Na noite anterior ao jogo não consegui dormir direito. A ansiedade tomou conta e passei a contar as horas até o momento da partida.

Ao entrar no estádio, que já estava lotado, senti que todos como eu estavam muito confiantes e tínhamos a certeza de que o Inter se classificaria.

O começo da partida não poderia ter sido melhor. Logo aos 2 minutos, D’Alessandro cobrou escanteio, Sasha desviou e Juan completou de cabeça para abrir o placar. 1 a 0.

O alívio não veio porque era um jogo perigoso, mas o Santa Fé não veio a Porto Alegre para jogar futebol, apenas para bater nos jogadores do Internacional. Tanto que teve dois jogadores expulsos legitimamente e não chutou uma única vez a gol.

No segundo tempo o Inter foi pra cima. O 1 a 0 levava a decisão para os pênaltis. Com a ajuda da torcida, que não parou um minuto de cantar, o Inter foi empurrando o Santa Fé e pressionando o adversário.

A torcida sentia que o gol sairia, era apenas questão de tempo. O goleiro adversário já havia feito três milagres e a bola teimava em não entrar. Escanteio para o Inter, mais um escanteio, outro escanteio e mais outro.

Então, aos 43 minutos, o maestro D’alessandro cobrou outro escanteio. He-man, que recém havia entrado, usou seus poderes de Grayskull cabeceando a bola que ainda desviou no zagueiro antes de morrer no fundo das redes. A festa estava completa!

Rafael Moura correu em direção à D’alessandro, que estava de joelhos virado para torcida e agradecendo à Deus. Todo o time mais os reservas se juntaram na comemoração mostrando o quanto o grupo está unido em busca do Tri.

Aguirre, que havia sido expulso e também estava de joelhos à beira do túnel, levantou-se olhando para o céu como quem dizia “Obrigado Senhor”.

Tenho certeza que lá do céu Fernandão sorriu abençoando a massa colorada.

Sem heroísmo, sem epopeia, sem essa história de vitória épica, apenas mais um jogaço no Beira-rio e mais uma grande vitória do meu Colorado. Agora o Inter é o Brasil na Libertadores.

Não me canso de repetir: COMO É BOM SER COLORADO! Que venha o TRI DA AMÉRICA!!!

Imagem: http://www.diariodecanoas.com.br/

 

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião