Seu nome, seu bairro?

Salve Nação Azul!

Antes de me execrarem por eu aqui invocar um bordão de uma rádio plenamente alvirrosa, explico-me:
Eu precisava de um mote que lhes trouxesse até aqui para falar de como a expansão da nossa torcida tem acontecido pelo planeta!

Não é algo que possa passar batido.

Tanto é que o próprio Cruzeiro tem apoiado algumas iniciativas, os chamados Redutos Celestes.
Como não moro em BH, não tenho sempre disponibilidade para ir ao Mineirão. Mas estou relativamente perto (100 km), então quando o trabalho me permite eu dou aquela escapada para a Toca 3.
Vejo, entretanto, movimentos muito especiais em torno do Cruzeiro que têm se formado em lugares bem distantes no Brasil e no Mundo.

Estudioso (e curioso!) que sou, resolvi procurar ouvir esse povo!
– O que os move?
– São sempre oriundos das Gerais que fundam esses movimentos por aí?

Um desses Redutos fica em Natal, RN.
Chamado Natalzeiros, esse reduto surgiu de uma turma que se reunia na capital potiguar para assistir aos jogos do Maior de Minas num local bastante peculiar: um restaurante chamado Tempero Mineiro.

Organizado por um belorizontino que por lá reside, Michel, a Natalzeiros conta hoje com uma turma de dezenas de torcedores reunidos nos jogos e ações sociais e mais de 4.000 seguidores no Twitter oficial do Reduto.

Pois eis que um mineiro e cruzeirense residente em Divinópolis, interior das Gerais, estava de férias no Nordeste.
Ele foi passear em João Pessoa, mas era dia de jogo e ele precisava de um lugar para assistir. Orientado pelo pessoal da Natalzeiros via Twitter, por lá descobriu o Reduto Cruzeiro Paraíba!
Gostou tanto da ideia que se dispôs a divulgar a torcida celeste mundo afora.
Também de nome Michel, surgia ali a ideia piloto dos Redutos Celestes.

Hoje o Nordeste do Brasil abriga um sem fim de Redutos Celestes em suas capitais e até no interior: Salvador, Recife, Maceió, Fortaleza, Aracaju, Teresina…
A febre azul se alastrou.

Comandados pelo Michel, por seu xará de Divinópolis e pelo Fabão, que reside (!) nos EUA, a ideia pegou e hoje já existem dezenas de redutos. Esses três heróis são os caras que ajudam com o caminho das pedras a quem quer montar um novo reduto.

Massachussets, Miami, Buenos Aires, Lisboa!

Mas sabem o que me moveu a vir aqui contar essa resenha?
A PAIXÃO DESSES CARAS!

Gente, pensem.
Diferentes de muitas TO’s eles não querem nada do Cruzeiro.
Nem tem jeito.
Querem só levar as nossas cinco estrelas para brilhar em qualquer lugar que for possível.
Eles têm raras chances de ver nosso Cruzeiro ao vivo mas não se dispersam.

Vejam essa história:
Dia desses acharam um dono de bar oriundo de lá do Rio Grande do Norte: Potiguar nativo, Seu Joca, um senhor que torce demais pelo nosso Cruzeiro por ter se encantado com o ‘rápido e rasteiro’ dos anos 60/70.
O bar fica numa cidade do interior do estado, é todo pintado de azul e tem pôsteres do Cruzeiro para todo lado.

Pois não é que a Natalzeiros o agraciou com presentes e banner, para alegria extrema de um setentão que sequer achava que algo mais na vida o emocionaria!

ESSE É O TIME DO POVO! DE VERDADE!

Busquem, por exemplo, as fotos da Portuzeiros, reduto de Portugal.
Dia desses reuniram centenas de cruzeirenses de ‘Trás dos Montes’ para uma sessão de fotos.
Veio azul de todo lado!

O Cruzeiro, por meio de seu departamento de marketing, entendeu o esforço e tem adotado promoções, como levar ao Mineirão e à Toca, e organizar reuniões pelo interior em dias de jogos sob o nome, óbvio, de Redutos Celestes, sempre com a presença de um ídolo histórico, dos mascotes e até de taças conquistadas.

Isso não pode parar!
Isso é que nos torna Gigantes!
Essa paixão sem medida e explicação.
Fazer tremular nossa bandeira da cor do céu em qualquer canto desse continente de Meu Deus!

Parabéns, Guerreiros dos Redutos! E vida longa a esse trabalho!

Abraços a todos.
Saudações celestes!
Fiquem com Deus e até a próxima!

Por Rogério Lúcio
Twitter: @rogeriolucio77

(Foto retirada do perfil oficial da Natalzeiros no Twitter)

Compartilhe!
  • 104
  •  
  •  
  •  
  •  
    104
    Shares

Deixe sua Opinião