Sonho de garoto. Pesadelo de gente grande…

O primeiro sonho de todo garoto.
Quero ser jogador de futebol.

Eu mesmo ainda sonho muitas vezes com isso. Dormindo e acordado. Como seria jogar num Morumbi lotado. Como seria entrar em campo num clássico importante, com 60 mil me assistindo ao vivo e mais milhões me assistindo pela TV. Como seria jogar uma partida grande de Libertadores. Como seria fazer um gol e correr pra torcida, extasiado…

Você vai crescendo e se dá conta que o estrelato é para poucos no futebol. Provavelmente você não jogava tanto quanto imaginava. Ou, se ainda assim acha que merecia, as portas da redenção não lhe foram abertas.

Para alguns, elas se abrem (elas, as portas. E elas… ah, deixa pra lá!). E quando isso acontece, é preciso agarrar-se à oportunidade e não deixá-la escapar, caia a tempestade que cair. E assim, alguns realizam este sonho, comum entre milhões de corações que batem pelo futebol mundo afora.

Mas imagine um rapaz que vê seus seis números de mega-sena sendo sorteados, comemora, conta ao mundo que tirou a sorte grande e, no momento de ir buscar sua bolada, não encontra o bilhete premiado.

Foi exatamente isso que se passou com o Jetsons.. Jeferson.. Geter.., seja lá o nome do tal cidadão que não merece sequer mídia em torno de seu nome. A chance de sua vida escorreu por entre seus dedos…

Não sejamos hipócritas: todos os jogadores de futebol se tornaram jogadores por amar o futebol. E, para amar o futebol, há sempre uma paixão retida por um clube de futebol. Sendo assim, é óbvio que a maioria dos jogadores do elenco atual do São Paulo não são torcedores tricolores. Alguns devem realmente ser, outros podem ter se tornado pelos caminhos da vida. Mas, seja qual for seus clubes de coração, jamais poderão ser desrespeitosos de tal forma com a camisa que vos veste.

Gostaria que todos no São Paulo fossem são-paulinos. Todos. Assim como eu e você, para termos verdadeiros representantes da arquibancada dentro de campo. Impossível. Então, que todos que ali estão sejam no mínimo respeitosos com uma paixão quase centenária que move a vida de tanta gente.

O trem passou rápido demais enquanto havia gente dormindo no ponto.
Grande abraço, amigo. Sábado tem outro sorteio da mega-sena…

 

Imagem: versosdofutebol.wordpress.com

Compartilhe!
  • 10
  •  
  •  
  •  
  •  
    10
    Shares

Deixe sua Opinião