Tá de brincation with me?

Salve Nação Azul!

Para falar de hoje, vou contar uma história de 4 anos atrás.
Em 2011, o ‘Barcelona das Américas’ comandado por Cuca caiu diante do Once Caldas.
Depois de novos fracassos, ele foi mandado embora e veio para cá o Papai Joel.
Claro, como um tampão.

Joel é boleiro, bom de papo, mas não tem o perfil do Cruzeiro.
Para mim, estava óbvio que o Cruzeiro estava apenas esperando um treinador melhor surgir no mercado para fazer rodar o treineiro.
Assim foi.
Renato Gaúcho caiu nos Pampas num dia, noutro Joel Santana caiu nas Geraes.

Mas eis que Portaluppi enfiou um sonoro NÃO na cara dos Perrella$ e o Cruzeiro teve que se virar com Émerson Ávila (que ganhou um e perdeu oito jogos), depois com (argh!) Vágner Mancini…
Foi aquele Deus nos acuda, salvos na última rodada pelo 6a1o.

Pra quê que eu estou lembrando dessa história de terror?

Porque o aproveitamento do Luxa hoje (50%) é parecido com o do Joel (53%).
Caso o Joel tivesse permanecido no Cruzeiro à época, certamente não teríamos passado esse sufoco.
Acabaríamos o certame ali entre oitavo e décimo-segundo, ganhando dos pequenos, trocando pontos com os médios e apanhando dos grandes.

Alguma coincidência com hoje?

É isso.
Não adianta o cruzeirense se iludir com o papo de que ‘se ganharmos mais duas ou três a gente chega no G-4’.

Sim, acredito que o Cruzeiro vai fazer duas boas partidas agora, em casa contra Goiás e Avaí; vai ascender na tabela e tudo mais.
Mas daí a pensar que o Marinho vai nos levar a uma Libertadores, etc, etc, é pura ilusão.
É utopia, gente!

Outro detalhe: faltam 11 dias para a janela de transferências internacionais se fechar.
Acham que os tríplices coroas (Gilvan, Bené e Valdir) vão nos trazer alguém que preste?
Agora é vez de Uilliam Correia.
Netomente falando, digacidipassaje é reserva do Ceará, no Z-4 da Série B…
Pra quem sonhou com Robinho, né…

Trocando a prosa toda em miúdos: pés no chão, Nação Celeste!!!
Sem precipitações com o Luxa porque se ele cair, pode piorar.
E sem ilusões com os pontos ganhos sobre os nanicos, porque certamente eles serão entregues de volta a alguém na rodada seguinte.
Que venham logo os tais 45 pontos, então!

É como diz aquele velho ‘deitado’: futebol é roda-gigante.
Acostumamo-nos no alto no biênio passado, estamos na descendente.
Só espero que não precisemos passar tão baixo como em outrora.

E prey uan metchi, uan guudi diciprin…
In the berraind, the midium ên the léftchi!

Dá-lhe Cruzeiro!

Abraços a todos, saudações celestes, fiquem com Deus!
Até a próxima!

por Rogério Lúcio
Twitter: @rogeriolucio77

(Foto: Galáticos OnLine)

Compartilhe!
  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  
    7
    Shares

Deixe sua Opinião