Tem mais bola por vir?

A mídia futebolística te enrolou. Sim, te enrolou. É impressionante como o mundo exalta a imagem que quer vender. E, nesta rodada, estava em jogo a imagem dos dois maiores jogadores do mundo nos últimos 5 anos.

Primeiro, Messi entrou em campo. Com toda a expectativa de sua primeira atuação no maior templo do futebol mundial, Messi entrou em campo comandando a seleção vizinha. Agradeço muito por ter tido a oportunidade de assistir os 90 minutos deste jogo.

Caso tivesse apenas lido as manchetes pós-jogo, teria a sensação de que perdi uma das maiores atuações já vistas do argentino. Li coisas como “A Magia de Messi no Maracanã”, “O Maracanã se curva ao talento de Messi”, “Estreia de gala do argentino no mundial”. Meu Deus, cara! Será que eu assisti um jogo diferente de todo mundo?

Messi foi apático durante todo o primeiro tempo. Perdeu TODAS as jogadas, e contou com um desvio adversário para que seu selecionado abrisse o placar. No segundo tempo, criou algumas jogadas, fez um belo gol e perdeu uma chance clara no final. Ponto. Cadê essa magia toda que está sendo propagada? Já vi atuações memoráveis de Messi. Sou fã incontestável de seu talento, mas em Copas do Mundo, ainda tem muito débito pelo que se espera de um tetra-melhor do mundo.

Em seguida, era a vez de Cristiano entrar em campo carregando a faixa de capitão e o rótulo de melhor jogador do ano. A seleção portuguesa vinha embalada após goleada e bom futebol frente aos irlandeses, em seu último jogo pré-copa.

Para este, a grande ´desculpa´foi a ineficácia de seus companheiros de seleção. Sim, é verdade, a seleção portuguesa, como um todo, teve uma atuação desastrosa, horrorosa. Foi, ainda, prejudicada por mais uma estupidez do luso-brasileiro Pepe. Que imbecilidade! Como pode fazer tamanha bobagem em um jogo de Copa do Mundo? No meu time, não jogaria mais por toda a eternidade.

Voltando a falar do astro, o fraco desempenho português não pode apagar a apagadíssima atuação do melhor do mundo. Um bom chute no início do jogo e uma falta bem cobrada foram os pontos máximos de seu futebol. Pouco para quem, além de assistí-lo se olhando no telão, queria também vibrar após mais um “Eu to Aqui!!!”.

Fazendo uma análise rápida dos 3 maiores nomes da Copa do Mundo, Neymar teve disparado o melhor desempenho, apesar de ainda estar muito aquém do que pode render. A pergunta que ficou para Messi e Cris Ronaldo foi: tem mais bola por vir?

Espero que sim. Mas que rodada a rodada, Neymar seja sempre o número 1 deste pódium.

 

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários encerrados.