Trajetória como Palmeiras

O início da caminhada vem sendo intensa, pungente. Na marra, contra muitas coisas e contra todo mundo, o Palmeias vai!

É apenas o começo de algo árduo, sem dúvida dificílimo. E é por isso que começou exatamente como Palmeiras.

Hoje, após 12 jogos, o título não está mais perto do que estava na primeira rodada, mas também não está mais longe. Na verdade, talvez nunca estivemos tão próximos de nos permitir sonhar, pelo menos não nos últimos 21 anos.

Um time campeão brasileiro se inventa durante a competição. Neste torneio não existe campeão de véspera. A coisa vai acontecendo, a equipe dando liga, e quando se vê a coisa flui no automático.

Em pouquíssimo tempo Cuca conseguiu fazer a equipe adquirir uma confiança que há muito não se via por aqui. Nem mesmo durante a campanha vitoriosa da Copa do Brasil existia esse comportamento.

Como não lembrar da agonia dos jogos em casa… Das derrotas certas fora dela…

Ajustes são obviamente necessários, é claro. Por exemplo, desnecessária foi a polêmica entre Barrios e Cuca na última semana.

Mas, isso só faz essa trajetória ter ainda mais a nossa cara. Ser ainda mais Palmeiras.

E isso fica ainda mais evidente quando olhamos para baixo na tabela e vimos quem é o segundo colocado.

É que quando estamos disputando diretamente alguma coisa contra eles, a gente sabe como termina…

Vamos em frente!

Avanti.

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião