Um espetáculo, manchado pela soberba

Amigos SANTISTAS

Quanto a público não vou comentar, pois a culpa por não encherem a Vila de Camarotes não é desse coitado que afundou a Seleção, pois nosso Santuário “Estádio” nunca viu um jogo de segunda divisão.

Mas o  que falar desse coitado, um cara como esse volante do Palmeiras? NADA! Só lamentar que uma pessoa que GLORIFICA DE PÉ, usa nome de Deus, mas nas suas atitudes só evoca discórdia e intriga, é realmente um incoerente, com atitude desproporcional e declama sempre o desnecessário.

Só vale para os seus pseudos intelectuais torcedores, popularem seus íntimos desejos, que através do uso da internet publicam enormes besteiras, é isso mesmo, a internet nos trouxe esse evento “a liberdade de expressão aos tolos”, ao invés de escrevermos sobre uma partida como nos bons e velhos tempos, usam da pequenez que as essas pessoas cabem para menosprezar o adversário, usam do artifício que eles mesmos em tempos de vacas magras reclamavam, se ofendiam e questionavam. Esses mesmos que se acham conhecedores do futebol, mas na verdade necessitam da SOBERBA para se sentirem mais do que os outros. Ué? Não eram eles mesmos que reclamavam até de dancinhas?

Vai entender isso e outras asneiras.

Foi uma partida memorável, com  defesas dos arqueiros dos dois lados, diversos lances de gol, um dos melhores jogos dos últimos tempos. Isso é saber perder, não escrever na internet um monte de idiotices para atingir algumas visualizações.

NÃO AO FUTEBOL MODERNO

Quero um futebol como antes, mas dentro de campo, nunca disse o contrário, e quem me conhece de verdade sabe do que eu falo, e, ao contrário de faláceas de um ou outro qualquer por ai, me fiz homem e sei respeitar o próximo, não me escondo em grupos de mensagens para me fazer mais respeitado, vou ao estádio e torço, na derrota ou na vitória, não preciso torcer para um “atleta” qualquer ofender a torcida adversária para comentar futebol.

Será que a torcida do São Paulo lembra do Diego subindo no símbolo em 2002 com alegria?

Será que a do Palmeiras lembra com entusiasmo do Viola imitando o porco?

Então, torço para que cada atleta dê declarações de jogador para jogador, que chame sua torcida a seu favor, que valorize o espetáculo, mas que acima de tudo respeite a agremiação e a torcida adversária ou pelo menos faça isso com um mínimo de inteligência em seus atos.

É isso, que eu quero a volta!

E juro que não vou comparar esse atleta ao RENATO, pois ai é covardia.

Por um mundo de mais futebol e menos pseudo intelectuais.

NÃO AO FUTEBOL MODERNO, mas com classe.

 

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião