Um gol de Copa do Mundo para o sonho da série B

Foi um gol de Copa do Mundo…no ângulo esquerdo do arqueiro alagoano estava concentrada toda a energia que ali chegava de fora…chutaço de fora da área, golaço de Juiz de Fora, pintura fora de série do jovem camisa 21 com nome de artista: Kaio Wilker…que emoção para o atleta, para o time, para o clube, para a torcida e para a cidade…todos vibraram na altura do gol, onde a bola e os corações Carijós ficaram do tamanho do Mundo…

…foi lindo ver a bola em parábola em direção à meta de Arapiraca, aos 2 do segundo tempo…Wilker e sua companheira…ases e asas indomáveis…

…mas a realização de um sonho é também a materialização de agradáveis afinidades do destino: o gol que selou o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro tinha que ser do jogador que bem representou nessa competição o esforço e a superação do Tupi: marcas de um Marco, de um cara 10, que deu a volta por cima, que persistiu e que teve a confiança do competente treinador Leston Júnior…

…aos 35, Marco Goiano aproveitou o cruzamento de Ygor e balançou as redes com a sensibilidade de quem homenageia a alma daqueles inspiradores nomes do Tupi que, de outro plano, bateram palmas e se abraçaram em festa…Geraldo Magela Tavares, João Pires e outros bons carijós conhecedores dos Bs da bola…

…o gol do Asa, aos 41, assinalado por Uederson em cobrança de pênalti ficou como o de honra em meio aos homens de honra abençoados por Santa Terezinha…esse grupo fez história até para a criança não querer dormir de tamanha felicidade…

…o desenho e as palavras do menino de 5 anos na folha de papel soaram como a “Aquarela” da conquista Carijó…comemore garoto, como os milhares de torcedores espalhados pela cidade e por outros lugares desse Mundo e não pare de sonhar, especialmente com os bons exemplos que o esporte pode nos oferecer…valeu Tupi Foot Ball Club

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe sua Opinião